Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo homenageia madeirenses presentes nos Olímpicos de Tóquio

Presidente do Governo recorda que os princípios da estabilidade, previsibilidade e a definição de objetivos concorrem para o sucesso da política desportiva na Região Autónoma da Madeira 23-09-2021 Presidência
Governo homenageia madeirenses presentes nos Olímpicos de Tóquio

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, esteve presente quinta-feira, 23 de setembro, na Quinta Magnólia, na cerimónia de homenagem aos madeirenses presentes nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e aos madeirenses que, no decurso da última época desportiva, se destacaram dentro e fora de portas nas mais diversas modalidades.

Na ocasião, o Chefe do Governo sublinhou o facto de a política desportiva na região autónoma assentar num quadro legal e regulamentar que garante às coletividades, atletas, técnicos e demais intervenientes três princípios fundamentais: o da estabilidade, da previsibilidade e a fixação de objetivos.

Estes princípios conferem, conforme indicou Miguel Albuquerque, planeamento e programação, permitindo aos agentes desportivos saber com o que podem contar.

“Este método e estes princípios permitem termos na Região uma política desportiva de sucesso”, disse o líder do Executivo.

“Se olharmos para a rácio de atletas de alta competição versus a população da Madeira, a Região atinge – e isso tem sido visível nos Jogos Olímpicos – taxas extraordinárias”, continuou.

Miguel Albuquerque louvou atletas, dirigentes, árbitros e demais agentes pelos exemplos de constância, de método, de obstinação saudável que fazem com que se alcancem metas que superam a dimensão da ilha.

Louvor e reconhecimento extensível ainda à forma como souberam compreender as medidas impostas à prática desportiva no período mais agudo da crise pandémica.

Referir que os Jogos Olímpicos de Tóquio contaram com a presença de 11 madeirenses, entre atletas, técnicos, árbitros, membros de federações internacionais e do Comité Olímpico Português.