Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Muito mais do que currículos, a Escola desenvolve talentos

III Festival Regional de Dança Escolar com 250 alunos. 30-04-2019 Educação
Muito mais do que currículos, a Escola desenvolve talentos O Secretário Regional de Educação, Jorge Carvalho, enfatizou o papel da Escola enquanto espaço de formação de talentos. Isso mesmo ficou demonstrado durante o III Festival Regional de Dança Escolar, que decorreu esta segunda-feira (29 de abril), na Escola Secundária de Jaime Moniz.

«Muitas vezes olha-se para a Escola apenas como um espaço de aprendizagem dos normativos curriculares, mas na verdade oferece muito mais do que isso: a oportunidade para que as nossas crianças e os nossos jovens tenham uma formação integral, mais vasta e mais holística, sobretudo, que possam desenvolver as diferentes competências com base no seu talento», sublinhou Jorge Carvalho na cerimónia de entrega de prémios daquele certame, felicitando todos os participantes pela «coragem de terem assumido um palco e por procurarem concretizar sonhos e serem felizes».

Nesta iniciativa, organizada pela Secretaria Regional de Educação, através da Direção de Serviços de Educação Artística e Multimédia (DSEAM), participaram 252 alunos em representação de 15 estabelecimentos de ensino, divididos pelas Categorias A (1.º Ciclo do Ensino Básico) e B (2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico). Houve ainda performances do grupo “DancEn?gma”, da Escola Secundária de Jaime Moniz, e dos alunos do curso profissional de dança do Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira – Eng. Luiz Peter Clode (CEPAM).

Os premiados pelo júri constituído por Henrique Amoedo, Ana Paula Pestana e Leandro Rodrigues, foram, na Categoria A, a EB1/PE da Achada (Melhor Coreografia) e a EB1/PE/C da Ponta do Sol (Melhor Grupo). Na Categoria B, a Melhor Bailarina foi Margarida Caires (EBS de Santa Cruz), o Melhor Bailarino foi Afonso Xavier (EB23 do Caniço), a Melhor Coreografia foi a da EB123/PE Bartolomeu Perestrelo e o Melhor Grupo foi o da EBS de Santa Cruz. O vencedor absoluto, a EB1/PE/C da Ponta do Sol, recebeu o prémio DancEn?gma.