Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Secretário enaltece trabalho feito pelo GR e concessionárias para a segurança e manutenção das infraestruturas na Região

O Secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Fino, esteve ontem na sessão de abertura do evento ‘Tardes de Engenharia Civil’ 31-10-2019 Equipamentos e Infraestruturas
Secretário enaltece trabalho feito pelo GR e concessionárias para a segurança e manutenção das infraestruturas na Região

Esta iniciativa que teve como tema central ‘Conservação e Manutenção de Obras de Arte e Túneis’ e organizada pelo Departamento de Engenharia Civil e Geologia da Universidade da Madeira e do Colégio de Engenharia Civil da Região da Madeira da Ordem dos Engenheiros. Na ocasião, o governante enalteceu o papel “das concessionárias, bem como a Direção Regional de Estradas, que prestam um excelente serviço de qualidade ao utilizador, garantindo a segurança e manutenção das infraestruturas, construídas ao longos dos anos”.

“Vivemos numa Região onde, devido à sua dimensão e caraterísticas orográficas, o transporte rodoviário é crucial às populações e à atividade económica, por isso a existência de uma boa rede de acessibilidades é fundamental para garantir adequadas condições de operacionalidade e segurança, algo que só é alcançável com cuidados continuados de conservação”, referiu.

O secretário regional sublinhou que “nas últimas décadas, as prioridades recaíram sobre a construção de novas vias, recorrendo ao aproveitamento dos fundos disponibilizados pela União Europeia, que permitiram a modernização das acessibilidades à generalidade do território, encurtando distâncias entre as várias localidades e com incomparáveis condições de segurança e conforto”. “Estas infraestruturas construídas foram essenciais à integração social e económica de localidades que outrora tinham difíceis acessos”, salientou.

O governante recordou ainda que, “de modo a garantir um serviço com padrões de qualidade e segurança ao utilizador, o Governo Regional optou por um regime misto de gestão, exploração e manutenção das vias”. “Parte da rede viária (a maioria das vias rápidas existentes) foram objeto de contratos de concessão, celebrados com a Via Litoral e Via Expresso em 2000 e 2004, respetivamente”, explicou, acrescentando que “a restante rede viária (complementar às vias rápidas) está a cargo do Governo Regional, através da Direção Regional de Estradas”.

“As concessionárias, bem como a Direção Regional de Estradas, prestam um excelente serviço à Região, garantindo a segurança e manutenção das infraestruturas, construídas ao longos dos anos, prestando um serviço de qualidade ao utilizador”, defendeu.

“No futuro, o desafio é este, conservar e manter as infraestruturas existentes, e este evento é muito importante porque divulga o excelente trabalho que tem vindo a ser executado na conservação e manutenção das obras de arte e túneis existentes na Região”, rematou.


Anexos

Descritores