Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Sociedade Ponta Oeste arrenda campo de relva natural ao Marítimo

Clube utilizará Centro Desportivo da Madeira para treino e competição das equipas de futebol, sendo esta uma forma de rentabilizar este espaço e um bom exemplo de angariação de receita 22-04-2020 Equipamentos e Infraestruturas
Sociedade Ponta Oeste arrenda campo de relva natural ao Marítimo

O Club Sport Marítimo vai passar a utilizar o Centro Desportivo da Madeira, na Ribeira Brava, para treino e competição das suas equipas de futebol masculinas e femininas, depois de assinado um protocolo de utilização,para arrendamento do campo central de relva natural, entre a Sociedade de Desenvolvimento da Ponta Oeste e o clube.

 

A presidente do conselho de Administração da Sociedades de Desenvolvimento, Nivalda Gonçalves, realça a importância deste protocolo para a dinamização e, principalmente, para a rentabilização das excelentes instalações do Centro Desportivo da Madeira. “As Sociedades de Desenvolvimento criaram infraestruturas de qualidade em toda a Região, pelo que, como temos encargos anuais que foram assumidos e que têm de ser cumpridos, considero que este protocolo é um bom exemplo de angariação de receita, redução de custos para o erário público e, logo, uma forma de rentabilizar os nossos empreendimentos”, sublinhou.

 

Este protocolo permite manter todos os treinos e provas de atletismo na única pista homologada da Região Autónoma da Madeira e potencia a possibilidade de atração de grandes eventos desportivos para o Centro Desportivo da Madeira.

Nivalda Gonçalves destaca ainda que o protocolo, com a duração de três anos e pelo valor de 2 mil euros mensais, para além da componente financeira mensal, contempla ainda que o Marítimo assuma toda a manutenção do relvado natural, dos espaços utilizados pelo clube e outras despesas, garantindo assim as melhores condições para o empreendimento e para a prática desportiva de outros atletas e clubes que utilizam as referidas instalações. No final dos três anos, o espaço tem de ser devolvido nas condições em que se encontrava aquando da celebração do protocolo.

 

Recorde-se que o Clube Futebol União da Madeira utilizou o espaço nos últimos anos (com o mesmo valor de renda e responsabilidades), tendo rescindido o contrato existente, pelo que foi considerado prioritário encontrar novas soluções para esta infraestrutura.

 

O Centro Desportivo da Madeira possui um campo principal de relva natural, com bancada para cerca de 2 500 pessoas, outro de relva sintética, com capacidade para 100 pessoas, um espaço polivalente para a prática de várias modalidades, campos de ténis e de padel, pista de atletismo com oito corredores e um ginásio. Para além da componente desportiva, o espaço destaca-se também pela sua variante recreativa e de lazer, disponibilizando um circuito de manutenção com ciclovia. 

 

As informações alusivas ao espaço, disponibilização de atividades e utilização poderão ser consultadas nas páginas http://www.sociedadesdesenvolvimento.com/centro-desportivo-da-madeira.html e https://pt-pt.facebook.com/CentroDesportivoMadeira/.