Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Obra ‘Troço Estreito da Calheta / Jardim do Mar – Fase A’ arranca em agosto

Nesta primeira fase (Fase A), que irá arrancar em agosto, depois de cumpridos todos os prazos inerentes a estes procedimentos, serão executados trabalhos numa extensão aproximada de 1 080 m, correspondendo à construção de um túnel com uma extensão de 1 051 m, que constituirá uma alternativa ao atual troço entre o Túnel da Ribeira Funda e a entrada do Túnel para o Paul do Mar. 11-05-2020 Equipamentos e Infraestruturas
Obra ‘Troço Estreito da Calheta / Jardim do Mar – Fase A’ arranca em agosto

O Governo Regional da Madeira, através da Secretaria Regional de Equipamentos e Infraestruturas (SREI), irá adjudicar a empreitada ‘Prevenção e Mitigação do Risco de Derrocadas nas Escarpas Sobranceiras à ER223-Troço Estreito da Calheta/Jardim do Mar - Fase A’, com vista a melhorar as condições de segurança dos utentes da ER 223, entre o Estreito da Calheta e o Jardim do Mar, mitigando-se desta forma o risco da atual exposição à queda de materiais provenientes das encostas sobranceiras à plataforma da estrada.


Nesta primeira fase (Fase A), que irá arrancar em agosto, depois de cumpridos todos os prazos inerentes a estes procedimentos, serão executados trabalhos numa extensão aproximada de 1 080 m, correspondendo à construção de um túnel com uma extensão de 1 051 m, que constituirá uma alternativa ao atual troço entre o Túnel da Ribeira Funda e a entrada do Túnel para o Paul do Mar. O atual entroncamento entre o Túnel do Paul do Mar e o Acesso ao Jardim do Mar será substituído por uma rotunda, parcialmente assente sobre uma solução em estrutura.


Esta variante à estrada existente será dotada de órgãos de drenagem, equipamentos de sinalização e segurança, iluminação, ventilação, rede de combate a incêndios, postos SOS e extintores.


Ao concurso limitado por prévia qualificação, com preço base de 18.500.000,00€ apresentaram-se cinco candidaturas (Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, S.A.; Tecnovia Madeira - Sociedade de Empreitadas, S.A. e AFAVIAS -Engenharia e Construções, S.A.; OPWAY – Engenharia, S.A. e Alexandre Barbosa Borges, S.A.; Zagope – Construções e Engenharia, S.A.; MOTA-ENGIL – Engenharia e Construção, S.A.). A proposta de mais baixo preço (critério de adjudicação utilizado) foi a do consórcio externo constituído pelas empresas Tecnovia Madeira, Sociedade de Empreitadas, S.A. e Afavias-Engenharia e Construções, S.A., pelo valor de 18 418 000,00 euros, ao qual acresce IVA à taxa legal em vigor, com um prazo de execução de 540 dias.


O Secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Fino, recorda que “assegurar a proteção e segurança da população foi um dos eixos apresentados como fundamentais na ação da SREI para o próximo quadriénio”. “Apesar de vivemos um momento particular e excecional, os nossos compromissos com a população não cederam e não cederão perante este enorme desafio com que estamos confrontados e estamos conscientes que só conseguiremos ultrapassá-lo com trabalho, responsabilidade e compromisso”, sublinha.


O governante acrescenta ainda que esta obra, “há muito reivindicada pela população local, é de extrema importância, garantindo, quando concluída, a segurança e proteção adequada a todos as pessoas que utilizam esta via de acesso ao Jardim do Mar.”


Anexos

Descritores