Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Parque Temático da Madeira aposta nas tradições do Natal

O referido evento foi uma verdadeira viagem aos tempos de outrora, visto que, reviveram, no novo aldeamento do Parque Temático da Madeira, todas as tradições da “Festa”, desde as missas do parto, a elaboração da tão tradicional Lapinha, a missa do galo, as romagens, e ainda, apresentaram todas as iguarias e sabores de um natal bem madeirense. 21-12-2020 Equipamentos e Infraestruturas
Parque Temático da Madeira aposta nas tradições do Natal

O Secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Fino, e a presidente do Conselho de Administração das Sociedades de Desenvolvimento, Nivalda Gonçalves, estiveram no Parque Temático da Madeira, no âmbito do evento “O Natal Madeirense”.

 

“O Natal é um marco especial no calendário regional e por esse motivo o Parque Temático da Madeira pretende ser um impulsionador da preservação das tradições, principalmente as que evidenciam particularidades únicas”, salientou Nivalda Gonçalves.

 

Atualmente a Sociedade de Desenvolvimento do Norte da Madeira está a desenvolver um  Projeto de Reconversão, no valor de cerca de 1,5 M€, que teve como principal objetivo a valorização desta infraestrutura, contribuindo assim para a proteção, promoção e desenvolvimento do património cultural, valorização da beleza natural da Região, bem como, para a qualificação dos elementos diferenciadores, melhorando as condições de rentabilidade do espaço e otimizando a exploração deste grande recurso turístico e cultural da RAM.

 

Este projeto, do Instituto de Desenvolvimento Regional (85% de comparticipação de fundos comunitários), abrangeu diversas vertentes, como obras de valorização das atrações existentes, criação novos espaços, aquisição de equipamentos, vídeos  e ainda o lançamento de uma nova estratégia de promoção e divulgação do património natural e etnográfico.

 

Em relação à valorização do espaço, foi reforçada a presença da identidade madeirense, com a apresentação de quatro Casas Típicas de Santana, um Moinho do Porto Santo, a criação de rotas etnográficas (por exemplo, do trigo e vimes), recriação das profissões tradicionais, confeção de iguarias tradicionais e a possibilidade de participação do visitante nas tarefas diárias de outrora.

 

Atualmente estão a ser revitalizados os pavilhões com a introdução de novas atrações e conteúdos, entre os quais a criação de uma sala polivalente, revitalização dos ateliês, reconversão do Pavilhão nº 4 numa atração infanto-juvenil, revitalização dos pavilhões 1 e 2, lançamento de uma nova viagem fantástica e ainda a criação de um roteiro de flores. Apostaram também numa nova Estratégia de Promoção e Divulgação com o renascimento da Marca (rebranding), maior promoção e divulgação das atrações do parque, maior divulgação nos diversos mercados turísticos e participação em eventos culturais de divulgação do destino Madeira.

 

“O Governo Regional apostou neste Projeto de Reconversão do Parque Temático da Madeira por reconhecer o grande valor desta infraestrutura em termos culturais, como forma de divulgar os nossos costumes e tradições, não apenas aos turistas, como também aos madeirenses e porto-santenses, que diariamente visitam este local”, referiu Pedro Fino.

 

Recorde-se que as entradas nas áreas comuns do Parque Temático da Madeira passaram a ser gratuitas desde outubro de 2018, precisamente para atrair mais visitantes a este espaço de excelência no concelho de Santana.

 

O Parque Temático da Madeira, da responsabilidade da Sociedade de Desenvolvimento do Norte, S.A., foi inaugurado em 2004, contando já com 16 anos de existência.