Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Vacinação dos motoristas dos transportes públicos avança

Plano Regional de vacinação contra a Covid-19 27-05-2021 Economia
Vacinação dos motoristas dos transportes públicos avança

Os secretários regionais da Economia e da Saúde, Rui Barreto e Pedro Ramos, respetivamente, acompanharam esta tarde o processo de vacinação dos motoristas dos transportes públicos colectivos de passageiros, a decorrer no centro de vacinação do Funchal, no Madeira Tecnopolo.

 

O Governo Regional da Madeira decidiu integrar nos grupos prioritários do Plano Regional de Vacinação da Covid-19,  os cerca 520 motoristas que operam no sector dos transportes públicos, priorizando, por idade e por aqueles com maior contacto com o público.

 

Os motoristas de todos operadores de transporte na Região (Horários do Funchal, SAM, Rodoeste, EACL e Moinho Rent-a-car) estão incluídos nesta fase de referenciação para a vacinação do plano regional por serem considerados “serviços críticos”.

 

Rui Barreto considera que decisão de priorizar este grupo “contribui para a segurança destes profissionais, bem como dos utentes dos transportes públicos”, complementado as medidas de segurança já definidas e implementadas, como é o caso da redução da lotação dos autocarros para 2/3, a obrigatoriedade do uso de máscara a bordo, a desinfeção diária dos autocarros, a disponibilização de álcool gel à entrada e na cabine do motorista e ainda separadores acrílicos que garantem maior proteção aos trabalhadores.

 

“É fundamental, atendendo à importância do sector e à necessidade de o preparar para uma crescente retoma de alguma normalidade”, salienta o governante, sublinhado que “no atual contexto económico a vacinação dos motoristas transmite uma imagem de confiança para os utentes da Região e para quem nos visita, sendo uma mais-valia nesta fase da retoma”.

 

Na ocasião, o responsável pela tutela da Economia enalteceu a “excelente organização e profissionalismo dos enfermeiros e assistentes”, considerando que têm sido “inexcedíveis” nesta fase da vacinação.

 

O secretário regional enfatizou ainda que “todo o processo de vacinação e monitorização dos utentes está extremamente bem organizado e a decorrer nas melhores condições”.


Anexos

Descritores