Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Língua portuguesa constitui uma oportunidade para reforçar laços

O secretário regional da Economia, Rui Barreto, em representação do presidente do Governo Regional, participou, esta quinta-feira, no Fórum Económico Internacional, evento promovido pelo Instituto do Mundo Lusófono e que decorreu no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. 13-05-2022 Economia
Língua portuguesa constitui uma oportunidade para reforçar laços

Na sua intervenção, Rui Barreto destacou o facto de existirem cerca de 300 milhões de pessoas, em todo o mundo, a falar o português para, depois, salientar o papel dos emigrantes na difusão da língua e dos negócios a uma escala global.
Falando para um auditório ligado à lusofonia, Rui Barreto defendeu que é preciso tirar partido desse facto, usando o português como um eixo não apenas cultural e social, mas também económico, dado o seu elevado potencial.
Na oportunidade, Rui Barreto salientou, igualmente, a estabilidade económica, social e política que se vive na Região Autónoma da Madeira, como elementos determinantes para a atração de investimento, ao que se junta, ainda, a segurança, a baixa fiscalidade e a forte aposta na tecnologia e na ciência.
Ainda a este propósito, o secretário regional da Economia aproveitou a ocasião para falar na construção do novo hospital da Madeira, um projeto que, tal como referiu, já está em curso, equipado com tecnologia de ponta, prevendo uma incubadora de Startups na área da saúde.
A transição digital, disse Rui Barreto, “é determinante para enfrentar os novos tempos”, nomeadamente, esta fase pós-COVID, o conflito resultante da invasão da Ucrânia por parte da Rússia e o agravamento da crise energéticas, temas que, de resto, eram centrais nesta edição do Fórum Económico Internacional.
Essa aposta na transição digital, conforme referiu, assenta nos investimentos concretos que o Governo Regional da Madeira tem vindo a fazer, de que é exemplo o reforço nas ligações através de novos cabos submarinos e o facto da Madeira ter sido a primeira zona com cobertura 5G, condições que reforçam a atratividade em matéria de investimento interno, mas também do exterior.


Anexos

Descritores