Governo reforça apoio domiciliário em Santana

A secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais, Rita Andrade, esteve presente na Festa de São Joaquim, onde anunciou um reforço mensal em cerca de cinco mil euros à ajuda domiciliária que é prestada pela Associação Santana Cidade Solidária. A medida tem efeitos imediatos a partir do dia 1 de agosto de 2018. 02-08-2018 Inclusão e Assuntos Sociais
Governo reforça apoio domiciliário em Santana

“Neste dia de aniversário é gratificante anunciar que a partir de hoje há um alargamento no acordo de cooperação já existente em que vamos contratar mais pessoas para a ajuda domiciliária e que corresponde ao apoio de mais 4.700 euros por mês em relação ao que tem vindo a ser dado, no que diz respeito à ajuda domiciliária”, referiu Rita Andrade, anunciando a entrada de quatro novos profissionais para esta área “a tempo inteiro”.

A governante esclareceu que foi a Santana “dar em nome do Governo Regional” a sua “palavra de apoio, apreço e agradecimento por todo o trabalho” que a associação “tem vindo a realizar e de todas as respostas sociais que têm dado”.

Rita Andrade lembrou ainda o conjunto de respostas existentes no concelho relativamente à terceira idade “como o Lar, Centro de Dia, Serviço de Apoio Domiciliário, Loja Social e o Programa de Emergência Alimentar”, programas esses que “são geridos pela Associação Santana Cidade Solidária”.

Por fim, a responsável pela área social da Madeira espera “contratar mais 30 profissionais para toda a Região” até ao fim do ano, isto no que diz respeito ao apoio domiciliário.


Anexos

Descritores