Número de processos de crianças e jovens em risco diminuiu 25%

A secretária regional da Inclusão anunciou, esta manhã, que desde 2015, tem se registado uma diminuição no número de processos em que a criança está em perigo. De 2.150 processos naquele ano, passou-se para 1.628 em 2017. 23-02-2018 Inclusão e Assuntos Sociais
Número de processos de crianças e jovens em risco diminuiu 25% Números divulgados esta manhã pela governante que participou na sessão de abertura do Fórum de Infância e Juventude 2018, sob o tema" Marcar a diferença na promoção e proteção".

Na iniciativa, que teve lugar no auditório do Fórum Machico, Rita Andrade adiantou que este decréscimo de 25% no número de processos é já um reflexo da elaboração dos planos locais plurianuais das comissões de proteção de crianças e jovens. A ocasião foi ainda aproveitada para a governante referir que no próximo dia 26 de fevereiro (segunda-feira), será apresentado o plano local de promoção e proteção dos direitos das crianças da comissão do Funchal. Várias comissões já concluíram o seu plano, sendo que as que faltam deverão dar esse passo até o final do ano.

A secretária regional da Inclusão deixou o ensejo que no Fórum de hoje, se debatam temas de grande interesse para as crianças e jovens e agradeceu todo o trabalho que tem sido feito pelas 11 comissões da Região. Refira-se que a iniciativa de hoje é promovida pela comissão de proteção de crianças e jovens de Machico e tem como objetivo a reflexão sobre as práicas na intervenção com as crianças e jovens, com vista à promoção dos seus direitos.


Anexos

Descritores