Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Projeto ‘Casa Esperança” chega a 150 famílias de São Roque

A Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania reuniu-se com a direção da Casa do Povo de São Roque 15-07-2021 Inclusão Social e Cidadania
Projeto ‘Casa Esperança” chega a 150 famílias de São Roque

O Governo Regional vai apoiar o projeto ‘Casa Esperança’, da Casa do Povo de São Roque, com o objetivo de apoiar a população dessa freguesia do concelho do Funchal na melhoria das condições de habitabilidade e conforto das suas casas. O apoio, no valor total de 150 mil euros, chegará a 150 famílias.

 

A Casa do Povo de São Roque, com estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), foi fundada em 2004, pelo que, há já 17 anos, presta os mais variados serviços de proximidade à população local. Tem como principal objetivo promover o desenvolvimento e a prestação de apoio no campo da solidariedade, cultura e desporto, com vista a contribuir para a melhoria do nível social, económico e cultural da população da freguesia de São Roque, sendo nesta freguesia a sua área de atuação.

 

Como consequência do impacto social e económico provocado pela pandemia da COVID-19 e respetivos efeitos nas condições de vida das famílias da freguesia, foi criado o projeto ‘Casa Esperança’, com o objetivo de apoiar as famílias, em situação de maior vulnerabilidade, na melhoria das condições de habitabilidade e conforto das suas casas, através da aquisição de materiais, sendo que a concretização das obras fica a cargo dos próprios beneficiários. Este projeto irá abranger 150 agregados familiares da freguesia de São Roque, em situação de comprovada carência económica.

 

Augusta Aguiar, Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania, na sequência de uma reunião com a direção da Casa do Povo de São Roque, realçou o “papel social cada vez mais importante das Casas do Povo, que, como instituições locais de proximidade, identificam as principais carências da população, desenvolvendo projetos que pretendem colmatá-las. Contam, por isso, com o apoio do Governo Regional. Já em contexto de pandemia, a Casa do Povo de São Roque é entidade parceira do Governo Regional na atribuição do Fundo de Emergência para Apoio Social (FEAS), criado com o objetivo de apoiar financeiramente as famílias cujos rendimentos foram afetados pela pandemia da COVID-19.”

 

“O Governo Regional continuará a apoiar iniciativas que promovam a cidadania e a consciencialização cívica nos seus vários domínios, a inclusão e o apoio social, a igualdade de oportunidades, assim como a assegurar a cooperação e o apoio às instituições da economia social que trabalham em estreita parceria com o Governo Regional no apoio social à população”, concluiu a governante.


Anexos

Descritores