Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo Regional apoia setor social e solidário

Augusta Aguiar enuncia compromissos do Executivo: reforço às IPSS, linha de crédito social, formação e mais apoios para promoção da Economia Social 26-11-2019 Inclusão Social e Cidadania
Governo Regional apoia setor social e solidário A Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania, Augusta Aguiar, garantiu que o Governo Regional vai continuar atento ao setor social e solidário, conforme espelhado no Programa de Governo.
Tendo em vista “uma cooperação interinstitucional mais forte”, serão reforçados “os apoios e as valências das Instituições Particulares de Solidariedade Social e entidades equiparadas”, explicou.
Para fortalecer a Economia Social na RAM, será criada “uma linha de crédito social que incentive o desenvolvimento de projetos de cariz social e solidário, destinados às entidades sem fins lucrativos, com vista à integração profissional de públicos desfavorecidos”, evidenciou.
O Executivo pretende, também, “continuar a promover espaços de divulgação e promoção dos projetos realizados no terceiro sector, como é o exemplo da Feira da Economia Social e Solidária, bem como premiar os projetos de inovação social”, frisou.
Ainda, será dinamizado “um plano de formação para as entidades de economia social e solidária”, afirmou.
Estes compromissos foram assumidos por Augusta Aguiar no âmbito da sua intervenção na sessão de abertura das I Jornadas de Economia Social e Solidária, organizadas pela AIPES – Associação de Investigação e Promoção da Economia Social.
Numa visão global de caminhos solidários, potenciadores de uma sociedade mais inclusiva e coesa, destacou o empreendedorismo e as finanças éticas.
Concluiu citando a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável: “ninguém deve ser deixado para trás” no plano de sucesso para a Humanidade.