Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo Regional antecipou medidas de prevenção nos lares

Algumas das medidas direcionadas para a proteção dos lares, anunciadas dia 23 de março, pela Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, já se encontram implementadas nos lares oficiais da Região Autónoma da Madeira desde 9 de março. 26-03-2020 Inclusão Social e Cidadania
Governo Regional antecipou medidas de prevenção nos lares

O Plano de Contingência de prevenção da COVID-19 nos lares, elaborado pelo Instituto de Segurança Social da Madeira, implementado a partir de dia 9 de março, estabeleceu a criação de quartos de isolamento para colocação de utentes ou funcionários que manifestem sintomas de caso suspeito de infeção pelo novo coronavírus. Esta medida tem como objetivo evitar ou restringir o contacto direto com outros utentes e funcionários possam ser expostos e infetados, enquanto o caso suspeito aguarda indicações das autoridades de saúde, através da linha SRS Madeira 24 (800 24 24 20). Nos lares de maiores dimensões, foram criados 2 quartos de isolamento, separados por sexos, um para o sexo feminino e outro para o sexo masculino.


Nas situações em que é necessária a deslocação dos utentes às unidades hospitalares para tratamento, os idosos são acompanhados de relatório pormenorizado da equipa de enfermagem do respetivo estabelecimento.

No seu regresso ao lar, e como medida de prevenção, os utentes são colocados, individualmente, em quartos de isolamento, onde cumprem a respetiva quarentena, antes de voltarem para o seu quarto de referência.

Na eventualidade de surgirem novas admissões, os utentes cumprirão o período de quarentena determinado pelas autoridades de saúde, antes da sua admissão efetiva. Refira-se que a última admissão de idosos em lares oficiais reporta-se a 21 de fevereiro de 2020. Na presente data, não estão a ser efetuadas nenhumas admissões, uma vez que a capacidade de todos os 5 lares oficiais de idosos está completa. 

De acordo com o Instituto de Administração da Saúde, IASAÚDE, IP-RAM, neste momento, e face à atual situação epidemiológica, as medidas atrás mencionadas são as adequadas ao momento atual na Região, no que diz respeito à evolução da pandemia.

Adicionalmente, em todos os lares geridos pelo ISSM, IP-RAM têm vindo a ser realizadas ações de sensibilização aos idosos relativamente às medidas preventivas a adotar, tais como a lavagem correta das mãos (com componente prática); regras de etiqueta respiratória; distanciamento entre pessoas e não cumprimentar/estabelecer contactos próximos com outros utentes ou funcionários, exceto quando estritamente necessário à prestação dos cuidados diários. Foram também afixados cartazes do IASAÚDE, IP-RAM em todos os estabelecimentos, nas zonas de maior circulação, de forma a serem visualizados pelo maior número de pessoas, relativos às medidas preventivas a adotar.

Além destas, outras medidas preventivas foram tomadas, nomeadamente:

·         Instruções para evitar circulação desnecessária de utentes e funcionários; 

·         Assegurar, nos diversos postos de trabalho, condições adequadas para a correta higienização das mãos (lavatórios com sabão, desinfetante/solução alcoólica nos carros utilizados na prestação dos cuidados de higiene e conforto aos idosos e nos carros de tratamento utilizados pela equipa de saúde). 

·         Reforço de stock de produtos de desinfetantes;

·         Reforço das medidas de higienização e controlo ambiental, nomeadamente nas áreas comuns, com maior afluência de pessoas, e superfícies de utilização frequente, tais como maçanetas das portas, interruptores de luz, os corrimões de escadas, botões dos elevadores, locais de atendimento, refeitórios, instalações sanitárias.

·         Nas atividades diárias, foram reorganizados os horários e capacidade máxima permitida nas salas de refeitório e salas de ocupação de tempos livre, bem como as aulas de atividade física, de forma que sejam realizadas em pequenos grupos, salvaguardando o distanciamento social recomendado. 

É ainda de destacar que todas as Estruturas Residenciais para Idosos sob a tutela do ISSM, IP-RAM, foram reforçadas com pessoal afeto aos centros de dia que se encontram encerrados, nomeadamente colaboradores de ocupação, atividade física e psicólogos.

O ISSM, IP-RAM está também a preparar a higienização, em grande escala, de todas as zonas exteriores circundantes dos seus equipamentos oficiais, em mais uma medida importante de prevenção da disseminação da COVID-19.


Augusta Aguiar, Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania, em declarações ao JM, realça que “o Governo Regional está atento e a acompanhar de perto, com equipas multidisciplinares toda a evolução da pandemia a nível regional e privilegia, naturalmente, todas as medidas que protegem não só os idosos, como também outros utentes e colaboradores das instituições que se encontram sob a sua esfera de intervenção. Na sua área de atuação, a Segurança Social tem também sob a sua responsabilidade, o acolhimento de crianças e jovens, de pessoas com deficiência e de vítimas de violência doméstica. Todos estes utentes e instalações onde residem serão alvo da nossa maior atenção, e serão asseguradas todas as medidas preventivas recomendadas pelas autoridades regionais de saúde.”

 


Anexos

Descritores