Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

“É necessário continuar a apostar em medidas promotoras da qualidade de vida da população idosa”, sublinha Augusta Aguiar

Augusta Aguiar, Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania, marcou presença, esta sexta-feira, 2 de outubro, no 20.º aniversário do Lar Adventista para Pessoas Idosas do Funchal – LAPI. 02-10-2020 Inclusão Social e Cidadania
“É necessário continuar a apostar em medidas promotoras da qualidade de vida da população idosa”, sublinha Augusta Aguiar

Na semana em que se comemora o Dia Internacional da Pessoa Idosa, a Secretária Regional recordou a atenção que “esta população merece, e sempre tem vindo a merecer, por parte do Governo Regional. A valorização e proteção da população idosa constitui um objetivo estratégico deste executivo, e isso tem sido patente nas medidas e objetivos estratégicos do programa do Governo, que incluem, entre outras medidas, o Programa Regional para o Envelhecimento Ativo, o apoio domiciliário aos idosos, a criação de centros de noite, a promoção e implementação do estatuto do cuidador informal.”

 

Sobre o trabalho desenvolvido por esta Instituição, Augusta Aguiar deixou uma palavra de apreço à direção e a todos os funcionários do LAPI “pela forma célere e rigorosa com que implementaram, desde a primeira hora, as medidas de contenção da disseminação da COVID-19, no atual contexto de pandemia. A população idosa, pela sua maior vulnerabilidade, foi sempre alvo da maior atenção por parte do Governo Regional, que tomou todas as medidas preventivas necessárias para a sua proteção. E só com um trabalho em rede e articulado entre a área da Saúde e a área Social, quer oficial quer em cooperação com as IPSS e outras entidades da economia social, é que tem sido possível ter, na presente data, zero infeções pela COVID-19 nos nossos lares e outras valências sociais para pessoas idosas.”

 

Esta Instituição Particular de Solidariedade Social, com estruturas em Vila Nova de Gaia, Leiria, Salvaterra de Magos e Funchal, disponibiliza respostas sociais de Centro de Dia, Serviços de Apoio Domiciliário, Estrutura Residencial para Pessoas Idosas e Cantinas Sociais, para aproximadamente 350 utentes. Na Madeira, o Lar conta com 16 utentes e o Centro de Dia com 25 utentes.

 

Além de todo o investimento feito pelo Governo Regional no acolhimento dos idosos em estruturas adequadas, e na sua proteção em todos os contextos, incluindo o da pandemia da COVID-19, “é necessário continuar a apostar em medidas que prolonguem a sua qualidade de vida, e um envelhecimento ativo saudável, em comunidade. Por isso, gostaria de terminar por desejar as maiores felicidades para os próximos 20 anos, e que continuem a desenvolver este trabalho de dedicação e qualidade, entre colaboradores, utentes, familiares, e parceiros, do qual o Governo Regional se orgulha de fazer parte, e deixo o compromisso que continuaremos sempre a apoiar as IPSS. As IPSS são parceiras privilegiadas do Governo Regional no projeto comum de uma sociedade mais solidária e coesa”, concluiu a Secretária Regional.

 


Anexos

Descritores