Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

“Banco Alimentar tem desenvolvido um trabalho notável no apoio às famílias madeirenses e porto santenses”, realça Augusta Aguiar

Augusta Aguiar, Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania, entregou hoje uma viatura de transporte de mercadorias com carroçaria frigorífica à ‘Associação Mão Solidária’, responsável pelo Banco Alimentar da Madeira. 27-11-2020 Inclusão Social e Cidadania
“Banco Alimentar tem desenvolvido um trabalho notável no apoio às famílias madeirenses e porto santenses”, realça Augusta Aguiar

Esta nova viatura, adquirida com o apoio financeiro do Instituto de Segurança Social da Madeira, ISSM, IP-RAM, irá permitir aos voluntários do Banco Alimentar a distribuição de produtos congelados e o aumento do número de rotas e tipo de alimentos a distribuir às famílias mais carenciadas da RAM, o que anteriormente não era possível, sem refrigeração no transporte.

A ‘Associação Mão Solidária’ é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) fundada em junho de 2012, vocacionada para o desenvolvimento de atividades de caráter social e humanitário, que contribuam para minorar os problemas de pessoas e famílias com carências alimentares comprovadas. Desenvolve diariamente uma missão de combate ao desperdício alimentar, através da recuperação de excedentes alimentares e luta contra o desperdício alimentar, para que os possa distribuir, de forma gratuita, em condições de segurança alimentar e de qualidade, a quem tem carências alimentares comprovadas. Mobiliza, para isso, pessoas e empresas, que a título voluntário, se associam esta causa. Realiza também, anualmente, campanhas de recolha de alimentos, para posterior distribuição a quem mais necessita.

“Esta parceria estreita do Governo Regional com as IPSS é fundamental no apoio à população, e é para ser mantida. O Banco Alimentar tem desenvolvido um trabalho notável no apoio às famílias madeirenses e porto santenses com carências alimentares comprovadas, e merece por isso o reconhecimento e apoio do Governo Regional”, destacou Augusta Aguiar.


Anexos

Descritores