Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Direção regional do Mar recolhe lixo marinho

A Secretaria Regional do Mar, através da Direção Regional do Mar, participou sábado numa limpeza de fundo organizada pelo Clube Naval do funchal e inserida no programa de atividades de Bandeira Azul do CNF e da Marina do Funchal. 26-10-2020 Mar e Pescas
Direção regional do Mar recolhe lixo marinho

A Direção Regional do Mar participou sábado numa limpeza de fundo organizada pelo Clube Naval do Funchal e inserida no programa de atividades de Bandeira Azul do CNF e da Marina do Funchal.

 

A diretora regional do Mar, Mafalda Freitas, deu o exemplo e fez-se ao mar, juntamente com o investigador Filipe Henriques e a estagiária de origem espanhola do programa Eurodisseia, Mariona Pineda. 

 

A espanhola encontra-se na Madeira a realizar um estágio na Direção Regional do Mar, desde 28 de setembro de 2020, e tem-se revelado uma estudiosa interessada nas questões do mar da Região. Mariona Pineda está neste momento a colaborar na elaboração de uma revista didática, intitulada “Porto Santo Debaixo de Água”.

 

Além de colaborar com a Direção Regional do Mar, a estagiária está a pesquisar o estado da arte da biodiversidade emblemática existente nos mares do Porto Santo, sendo responsável pela elaboração dos textos descritivos das principais espécies marinhas do Porto Santo em bilingue (PT-EN).

 

Está previsto a formação em outras áreas, nomeadamente na política de mar, através do seu envolvimento nas diversas tarefas e competências da Direção Regional Mar, como a Diretiva Quadro Estratégia Marinha.

 

Mariona Pineda Irá participar de forma ativa na coordenação do Encontro do Mar, onde irá participar nas várias reuniões com as entidades competentes e os cientistas da Região Autónoma da Madeira e que estão previstas no respetivo encontro.

 

Está previsto também formação na área da biologia marinha, através da formação das técnicas mais usadas em censos de inventariação de espécies marinhas, através da realização prática de mergulhos com escafandro autónomo e formação teórica.

 

 


Anexos

Descritores