Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo garante estar a fazer todos os esforços para recuperar listas de espera

Programa especial de recuperação terá impato de 13 por cento na diminuição dos tempos de resposta para cirurgias 03-05-2017 Saúde e Proteção Civil
Governo garante estar a fazer todos os esforços para recuperar listas de espera Relativamente à notícia publicada hoje, dia 3 de Maio de 2017, no Diário de Notícias da Madeira intitulada “ Mais mil doentes em lista de espera”, importa informar o seguinte:

1. O Governo Regional da Madeira nunca pretendeu esconder dados, ao invés tem mantido uma política de comunicação aberta, transparente e próxima da população e dos seus meios de informação. Neste sentido, está em preparação a plataforma de divulgação dos dados de produção do Serviço de Saúde da Madeira, que prestará toda a informação relevante sobre a atividade dos hospitais e centros de saúde. Em simultâneo, irá ser divulgado um suplemento informativo intitulado “Proximidade e transparência da saúde na Região Autónoma da Madeira”.

2. Os profissionais de saúde continuam a sua missão em prol da população, procurando manter a sua atividade com a mais elevada segurança e qualidade.

3. A entrada de doentes no Serviço de Saúde é dinâmica e flutuante e o recurso a esta instituição é a prova da confiança da população nos cuidados prestados. Por outro lado, revela a atividade permanente da prestação de cuidados a nível assistencial da consulta e da referenciação para atos cirúrgicos. 

4. Apesar da existência de lista de espera, os profissionais continuam empenhados em realizar o seu trabalho quer no cumprimento da cirurgia eletiva, quer ao nível do programa especial de recuperação de cirurgias. 

5. Espera-se com esta metodologia introduzida continuar a diminuir a lista existente. No ano passado, o PRC teve um impato de 3 por cento na redução, sendo que este ano prevê-se atingir uma diminuição de 13 por cento.

6. Este processo de recuperação é um dos instrumentos ao dispôr dos profissionais e este ano esperamos concretizar até Junho a utilização da verba disponível havendo assim a possibilidade no decorrer de 2017 reforçar a verba disponível para este programa especial de recuperação e realizarmos mais cirurgias.

7. Todavia, o Governo Regional da Madeira reconhece que os constrangimentos existentes resultam do número insuficiente de recursos humanos, apesar da contratualização anual, que ainda é diminuta em vários grupos profissionais face às necessidades que aumentam todos os dias.

8. Refira-se que em 2016 realizaram-se o total de 10 560 cirurgias em 19 especialidades. À data de 19 de Abril de 2017 encontravam-se em lista de espera 15 436 utentes num total de 17 366 cirurgias por realizar, das quais 11 065 a serem executadas em bloco operatório central, 6 301 em cirurgia de ambulatório. Acrescem a esta lista 936 intervenções referentes a pequenas cirurgias.

9. O Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira continuará a sua estratégia em prol da população  com a implementação de medidas que abrangem os cuidados de saúde primários, os cuidados hospitalares e os cuidados continuados, mantendo assim o seu reconhecimento nacional e internacional, respeitando os grandes eixos do programa de governo.






Anexos

Descritores