Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Promoção da Saúde une Madeira a Cabo Verde

O protocolo foi assinado entre o Instituto de Administração da Saúde da Madeira e o Instituto Nacional de Saúde Pública de Cabo Verde na presença do ministro da Saúde cabo-verdiano, Arlindo do Rosário e do secretário Regional da Saúde da Madeira, Pedro Ramos, que cumpre uma visita de três dias a Cabo Verde 24-11-2017 Saúde e Proteção Civil
Promoção da Saúde une Madeira a Cabo Verde A Madeira e Cabo Verde assinaram hoje, na cidade da Praia um protocolo de cooperação na área da saúde com vista à partilha de informações e formação, no domínio da gestão, da  promoção da saúde e de prevenção e controlo da doença, bem como da vigilância epidemiológicas e entomológicas das doenças transmitidas por vectores.
O protocolo foi assinado entre o Instituto de Administração da Saúde da Madeira e o Instituto Nacional de Saúde Pública de Cabo Verde na presença do ministro da Saúde cabo-verdiano, Arlindo do Rosário e do secretário Regional da Saúde da Madeira, Pedro Ramos, que cumpre uma visita de três dias a Cabo Verde.
“Vamos começar um percurso de cooperação nas áreas de formação, da investigação e do sistema de urgência pré-hospitalar no sentido de trazermos a experiência que a Madeira tem", disse Pedro Ramos.
Neste segundo dia, o secretário regional da Saúde assistiu ainda a uma palestra sobre o sistema de saúde da RAM e controlo vectorial proferida pelo Presidente do Instituto de Administração da Saúde, Herberto Jesus que o acompanha nesta visita. 
Por seu lado, o Ministro da Saúde de Cabo Verde Arlindo do Rosário, sublinhou as semelhanças geográficas e em matéria de saúde entre os dois arquipélagos, considerando que a cooperação "perspetiva cenários interessantes" de desenvolvimento.
"Este protocolo será um primeiro passo para um projeto mais abrangente, mais alargado de colaboração em domínios como a telemedicina, o sistema de informação sanitária ou da regulação em saúde", disse.
Arlindo do Rosário destacou também a importância do protocolo para a execução em Cabo Verde, nos próximos anos, de um programa de emergência pré-hospitalar.
Ontem , Pedro Ramos teve a oportunidade de  visitar várias unidades de saúde, entre elas o Hospital Agostinho Neto e o Centro Nacional de Hemodiálise. 

A visita termina na  próxima segunda-feira  com o secretário regional da Saúde a abrir o curso de formação em suporte básico de vida e desfibrilhação automática externa no serviço de protecção civil da cidade da Praia,  ministrado por profissionais do Serviço de Protecção Civil da Madeira. 


Anexos

Descritores