Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Centro de Simulação Clínica do SESARAM é uma mais- valia para o país

A simulação médica constitui um dos mais promissores e inovadores domínios científicos. 22-01-2018 Saúde e Proteção Civil
Centro de Simulação Clínica do SESARAM é uma mais- valia para o país

 O Centro de Simulação Clínica do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira recebeu, no passado sábado, a visita do presidente da Sociedade Portuguesa de Simulação Aplicada às Ciências da Saúde, Miguel Castelo Branco que considerou este  um exemplo e  uma mais – valia para a Região e para o país, tecendo elogios à organização e capacidade formativa do mesmo.

O Centro de Simulação Clínica foi inaugurado em 2012, tendo promovido ao longo destes cinco anos mais de 190 cursos, abrangendo cerca de 3330 formandos.

A simulação médica constitui um dos mais promissores e inovadores domínios científicos a nível mundial, ao permitir, com a atual evolução técnica, a conjugação plena de arquitetura e tecnologias de informação e robótica com a Medicina e os cuidados de saúde. Fundamentalmente, destaca-se pela capacidade de alterar processos formativos e de atuação prática em áreas críticas dos cuidados de saúde e de organização das equipas e unidades de saúde.

A simulação biomédica é assim hoje o "gold-standard" internacional para o treino de estudantes, profissionais e equipas de saúde. Resulta da combinação das melhores tecnologias robóticas e de informação com a área biomédica e educacional, utilizando simuladores com resposta farmacológica e fisiopatológica fidedignas, em tempo real, perante a atuação experiencial das equipas médicas e de saúde.

É uma verdadeira revolução no ensino médico e no treino dos profissionais e das equipas de saúde, como se comprova na literatura médica de referência e pela explosão internacional de centros dedicados à simulação médica.

Trata-se de uma resposta inovadora e competente para problemas sensíveis de erro médico e de formação e treino individual e de equipas de cuidados de saúde, nomeadamente em eventos críticos, complexos ou raros. A capacidade de, num ambiente controlado, repetível e aferível, reproduzir e amplificar de modo inteiramente interativo e em tempo real gestos, procedimentos e atos médicos perante diferentes estados fisiológicos e patológicos, com fidedignidade humana e sem risco para os doentes, constitui uma poderosa ferramenta de educação médica contínua e de aprendizagem experiencial. O Centro de Simulação Clínica da Madeira  caracteriza-se por apresentar uma estrutura tecnológica que propicia aos formandos dos cursos a vivência de situações que poderiam ser reais, através de simulações.

A simulação é realizada por tarefas e utiliza a reprodução parcial ou total dessas tarefas num modelo artificial, denominado simulador, e de cenários simulados com pacientes standarizados.