Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Redução das infecções no Serviço de Saúde da RAM mereceu distinção da Fundação Calouste Gulbenkian

Pedro Ramos congratulou os profissionais por este empenho e pelos bons resultados alcançados e deu o exemplo das infecções no trato urinário e das infecções respiratórias, que diminuíram 50 por cento. 08-05-2018 Saúde e Proteção Civil
Redução das infecções no Serviço de Saúde da RAM mereceu distinção da Fundação Calouste Gulbenkian O Serviço de Saúde da Região foi distinguido pela Fundação Calouste Gulbenkian, pelo trabalho realizado na redução das infecções associadas aos cuidados de saúde, numa cerimónia que contou com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.
Na abertura da Semana do Programa de Prevenção e Controlo das Infecções e da Resistências aos Anti microbianos, que decorre até quinta-feira, no Serviço de Saúde da Região, o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos congratulou os profissionais por este empenho e pelos bons resultados alcançados e deu o exemplo das infecções no trato urinário e das infecções respiratórias, que diminuíram 50 por cento.
A diminuição foi conseguida pelo empenho dos profissionais, mas também porque a Região estava com níveis muito altos, reconheceu o secretário da tutela. “Se conseguimos baixar na ordem dos 50%, é sinal que os nossos valores estavam elevados, não estávamos a cumprir com algumas das recomendações”.
Recorde-se que, em 2015, o SESARAM foi um dos 12 hospitais nacionais selecionados para integrar o Programa de Prevenção e Controlo de Infeção e de Resistência aos Antimicrobianos promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian, por ter  em funcionamento um programa de prevenção e controlo da infecção e resistência aos antimicrobianos e cumprir todos os programas de vigilância epidemiológica obrigatórios.

A Semana do Programa de Prevenção e Controlo de Infecções e de Resistência aos Antimicrobianos foca-se na prevenção da sepsis nos cuidados de saúde, incluindo conferências no Hospital Dr. Nélio Mendonça e actividades nos Centros de Saúde e na Rede Regional dos Cuidados Continuados, assim como ações de sensibilização nas escolas e lares.