Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Consultas ao domicílio triplicaram na Ponta de Sol

Apresentação dos resultados da 1º Unidade de Saúde Familiar da RAM decorreu no Centro Cultural John dos Passos. 07-06-2018 Saúde e Proteção Civil
Consultas ao domicílio triplicaram na Ponta de Sol

Desde a entrada em funcionamento da Unidade de Saúde Familiar da Ponta de Sol, em Setembro do ano passado, registou-se um aumento no número de consultas médicas, de consultas de enfermagem e triplicaram-se as consultas feitas ao domicílio. Estes são os primeiros resultados do projeto piloto, deste novo modelo de organização dos cuidados de saúdes primários, implementado no concelho da Ponta de Sol. 

Estes indicadores de produtividade foram apresentados no Centro Cultural John dos Passos, a toda a comunidade, numa sessão que contou com a presença do secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, do representante da Ordem dos Médicos na Região, António Pedro Freitas, bem como do vice-presidente da Câmara Municipal da Ponta de Sol, Sidónio Pestana.

 «Este é um projeto para replicar nos outros concelhos da Região», afirmou Pedro Ramos, referindo que este modelo de organização tem provado, ser o que melhor responde às necessidades da população nos cuidados primários, nomeadamente no aumento da taxa de cobertura da população. 

   O secretário regional da Saúde quer aplicar os indicadores, que determinam a qualidade destas unidades de saúde, a todos os centros de saúde da Região. 

Refira-se que as  Unidades de Saúde Familiares são o modelo de referência dos cuidados primários de saúde, para assegurar uma maior cobertura da população em médico de família e garantir um melhor acesso da população à saúde, nomeadamente à promoção da saúde e à prevenção da doença.

   A reestruturação dos Centros de Saúde tem como base este modelo já adotado no continente e que tem provado ser uma solução capaz de contribuir para uma melhor resposta dos cuidados primários.   Trata-se de um novo modelo de organização e de trabalho em equipa, orientado para os resultados e que têm vindo a mostrar benefícios e trazer satisfação para os utentes e profissionais de saúde. É um modelo em que toda a atividade médica, de enfermagem e administrativa está organizada em função das necessidades dos utentes, com indicadores e padrões de qualidade definidos na Carteira Básica de Serviços. A sua ação tem como base uma autonomia organizativa, técnico-funcional, integrada em rede com outras estruturas funcionais do Centro de Saúde. Deste modo, as Unidades de Saúde Familiar configuram um modelo organizacional leve e flexível, que se contrapõe às tradicionais estruturas hierárquicas e burocráticas. 

   A USF "Novo Sol" é um  projeto piloto na RAM inaugurada no dia 26 de Setembro de 2017 e tem a sua ação no Centro de Saúde da Ponta do Sol (constituindo este a sede principal), no Centro de Saúde Dr. Tito Noronha e no Centro de Saúde Madalena do Mar, abrangendo todos os utentes inscritos nos respetivos Centros. 

   É uma unidade de saúde  constituída por uma equipa multiprofissional (5 médicos, 7 enfermeiros e 5 secretários clínicos), orientada para a prestação de cuidados de saúde personalizados aos utentes das freguesias da Ponta do Sol, Canhas e Madalena do Mar, garantindo assim a acessibilidade, a continuidade e a globalidade desses cuidados.