Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Projeto de “Reabilitação Cognitiva” do SESARAM merece menção honrosa

O projeto de “Reabilitação Cognitiva”, dinamizado pelo Serviço de Medicina Física e Reabilitação do SESARAM, mereceu a atribuição de uma menção honrosa “Caráter Inovador” no 8º Prémio de Saúde Sustentável. 21-11-2019 Saúde e Proteção Civil
Projeto de “Reabilitação Cognitiva” do SESARAM merece menção honrosa

O projeto de “Reabilitação Cognitiva”, dinamizado pelo Serviço de Medicina Física e Reabilitação do SESARAM, mereceu a atribuição de uma menção honrosa “Caráter Inovador” no 8º Prémio de Saúde Sustentável.

A atribuição desta distinção aconteceu no dia 21 de novembro de 2019, no Museu do Oriente, em Lisboa, com a presença de prestigiados oradores nacionais e internacionais que debateram os grandes desafios e oportunidades que a era digital representa para o setor da saúde.

Recorde-se que o projeto de “Reabilitação Cognitiva” foi um dos projetos finalistas ao 8º Prémio de Saúde Sustentável, uma iniciativa do Jornal de Negócios e da Sanofi, orientada para a divulgação e incentivo de boas práticas da sustentabilidade da saúde em Portugal.

O projeto, da autoria do médico fisiatra do SESARAM, Jean-Claude Fernandes, tem como alvo utentes que sofreram intervenção cirúrgica por lesão tumoral ou tiveram infeção do sistema nervoso central nomeadamente AVC ou TCE (Traumatismo Crânio Encefálico).

Sob a coordenação de um médico fisiatra, o programa de reabilitação convencional contempla áreas como a fisioterapia, terapia ocupacional, terapia da fala e, com a implementação deste projeto, foi adicionada à carteira de serviços a valência “reabilitação cognitiva”, a qual possibilita a abordagem dos défices cognitivos no sentido de atingir o potencial máximo da reabilitação.

Sem custos adicionais, foi implementado no SESARAM em janeiro de 2019 e grande parte do tratamento acontece com recurso a tecnologia inovadora (sistemas interativos com realidade virtual) desenvolvida e validada na Região, através de uma colaboração existente entre o SESARAM e a UMa (M.ITI – Madeira Interactive Technologies Institute).

Em termos de recursos humanos, há que referir que este programa de reabilitação é coordenado pelo médico fisiatra e efetivado por duas psicólogas do SESARAM com formação e competência na área da neuropsicologia, as psicólogas Sofia Aguiar do Serviço de Neurologia e Mónica Nóbrega do Serviço de Neurocirurgia.

O Serviço de Medicina e Reabilitação do SESARAM, dirigido pela médica fisiatra Berta Jardim, é o segundo serviço público do país que tem este tipo de tratamento e representa uma mais-valia para a instituição e para os doentes que acompanha.

Clique aqui para aceder à apresentação do projeto.


Anexos

Descritores