Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

"Um ambiente carregado de um silêncio ensurdecedor"

Pedro Ramos na altura era o diretor de serviço de urgência do Hospital Dr. Nelio Mendonça e assumiu desde a primeira hora a gestão da catástrofe ao nível intra hospitalar. 20-02-2020 Saúde e Proteção Civil
"Um ambiente carregado de um silêncio ensurdecedor" "Um ambiente carregado de um silêncio ensurdecedor no Serviço  de Urgência do Hospital Dr. Nélio Mendonça" é uma das memórias que o secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, guarda da gestão da catástrofe do 20 de fevereiro em 2010. Pedro Ramos na altura era o diretor de serviço de urgência do Hospital Dr. Nelio Mendonça e assumiu desde a primeira hora a gestão da catástrofe ao nível intra hospitalar. Este foi um testemunho dado, hoje, pelo governante na participação no programa promovida pela Antena 1 Madeira, "Especial Informação 20 de Fevereiro".

Anexos

Descritores