Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

“Cultura de Segurança” no SESARAM

Pedro Ramos privilegiou a segurança do profissional de saúde e do doente tendo apelado ao uso da plataforma de notificações de risco por parte de todos os profissionais. 16-09-2020 Saúde e Proteção Civil
“Cultura de Segurança” no SESARAM

A “cultura de segurança” no Serviço de Saúde da RAM, tem sido uma política levada a cabo pelo Governo Regional na área da saúde, disse o secretário Regional de saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, na cerimónia de abertura do 1º webinar organizado pela Comissão de Gestão de Risco Global (CGRG) do SESARAM. Pedro Ramos privilegiou a segurança do profissional de saúde e do doente tendo apelado ao uso da plataforma de notificações de risco por parte de todos os profissionais.

O governante relembrou que desde há alguns anos que temos dedicado muita atenção a estas matérias relacionadas com a segurança dos doentes e dos profissionais. No ano de 2019,  foram feitas 1305 notificações de incidentes, distribuídas pelas diversas tipologias  tanto do Risco Clínico quanto do Risco Não Clinico.

Por sua vez, o coordenador da CGRG, enfermeiro Ricardo Silva, assumiu que apesar da pandemia o discurso científico deve ser reativado entre pares, dado ser esta uma bandeira da excelência dos profissionais do SESARAM.

“Não há qualidade sem segurança, e não é possível garantir a segurança dos nossos doentes, se os profissionais não se sentirem seguros. Na resposta a esta pandemia, damos voz à segurança dos profissionais para poder ter doentes cada vez mais seguros, sendo este o mote da Organização Mundial de Saúde para as comemorações deste ano”, disse.

O diretor clínico, Júlio Nóbrega, ressalvou o trabalho que tem sido feito pela CGRG na área do risco clínico, alertando para as alterações que os sistemas de saúde têm sofrido com a pandemia da COVID. Júlio Nóbrega reafirmou que existe “uma atitude humilde, mais próxima que tem permitido melhorar os cuidados de saúde”.

O enfermeiro diretor, José Manuel Ornelas, agradeceu também à CGRG o trabalho que tem sido feito na área da gestão do risco.

A presidente do Conselho de Administração do SESARAM, Rafaela Fernandes, enalteceu o trabalho feito pelos profissionais da Comissão de Gestão de Risco Global e pediu aos profissionais para trabalharmos cada vez mais na melhoria da cultura de segurança e qualidade na instituição.  


Anexos

Descritores