Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Laboratório do SESARAM assinala 1 ano de atividade de luta contra a COVID-19

No mês de março, pouco dias após ter sido decretado o estado pandémico, a capacidade instalada na Região era de cerca 50 testes de diagnóstico por dia, um facto que já comprovava o gradual aumento de capacidade que ocorreu durante o último ano. Atualmente com o evoluir da situação epidemiológica, o SESARAM realiza uma média de 2.000 testes diários. 10-01-2021 Saúde e Proteção Civil
Laboratório do SESARAM assinala 1 ano de atividade de luta contra a COVID-19

No dia 10 de janeiro de 2021, faz um ano que o SESARAM iniciou oficialmente a sua luta contra a Covid-19, tendo contactado pela primeira vez o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, de forma a se preparar para o que seria um início de uma parceria no diagnóstico do vírus SARS-CoV2 (à data ainda designado 2019-nCoV - novo coronavírus).

O Serviço de Patologia Clínica do SESARAM foi o primeiro laboratório hospitalar do país a instalar a técnica molecular para deteção do agente SARS-CoV2 (pesquisa de RNA SARS-CoV2 pela técnica RT-PCR), e a segunda unidade laboratorial a nível nacional - logo após o Instituto Ricardo Jorge - a colocar em prática a técnica.

Aquando da "Reunião para o Diagnóstico e Vigilância do novo coronavírus (2019-nCoV) da Rede Portuguesa de Laboratórios para o Diagnóstico da Gripe" realizada a 05 de fevereiro de 2020, o Serviço de Patologia Clínica do SESARAM continuava a ser um dos dois locais do país com capacidade diagnóstica instalada. Na sequência desta reunião foram selecionados os laboratórios prioritários a nível nacional, tendo o Laboratório do Serviço de Patologia Clínica do SESARAM sido selecionado como um desses cinco laboratórios. Esta reunião foi de sumária importância na busca da melhoria continua da qualidade para implementação de capacidade diagnóstica robusta e cientificamente atualizada em todo o território nacional.

No mês de março, pouco dias após ter sido decretado o estado pandémico, a capacidade instalada na Região era de cerca  50 testes de diagnóstico por dia, um facto que já comprovava o gradual aumento de capacidade que ocorreu durante o último ano. Atualmente com o evoluir da situação epidemiológica, o SESARAM realiza uma média de 2.000 testes diários.

O trabalho realizado pela equipa do Laboratório do Serviço de Patologia Clínica no planeamento, trabalho diário e atualização constante para o adequado combate ao vírus, foi imprescindível ao longo de toda a operação.

O SESARAM faz ainda referência a outras datas relevantes referentes ao ano de 2020, na Região Autónoma da Madeira, relativas ao diagnóstico do vírus SARS-CoV2.

 

29 de fevereiro de 2020 - 1º Teste molecular realizado

 

16 de março de 2020 - 1º Caso SARS-CoV2 positivo

 

1 de julho de 2020 - 1º Teste molecular - Operação de Rastreio SARS-CoV2 Aeroporto da Madeira

 

1 de dezembro de 2020 - 1º Teste molecular (5º Dia) - Operação de Rastreio SARS-CoV2 dupla testagem geral Aeroporto da Madeira

 

21 de dezembro – Confirmação por parte do INSA da existência da estirpe do Reino Unido em Portugal, graças a amostras enviadas pelo Serviço de Patologia Clínica do SESARAM.


Anexos

Descritores