Projeto MARGULLAR valoriza Porto Santo

Oportunidade de promoção externa 03-10-2018 Secretaria Regional do Turismo e Cultura
Projeto MARGULLAR valoriza Porto Santo “A realização deste Congresso no Porto Santo valoriza, naturalmente, o destino e a sua capacidade em acolher grandes eventos, ao mesmo tempo que afirma a sua notoriedade e projeção externa, na base de uma associação muito feliz entre o património e o turismo que se torna ainda mais oportuna no ano em que se assinalam os 600 Anos do Descobrimento das nossas Ilhas”.
A afirmação é da Secretária Regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, que, nesta tarde, presidiu à cerimónia de abertura das IV Jornadas de Trabalho do Projeto Margullar, iniciativa promovida pelo Governo Regional, através da Secretaria Regional do Turismo e Cultura, em parceria com a ACIF, ao abrigo do programa comunitário INTERREG MAC.
Jornadas que juntam, hoje e amanhã, nesta Ilha, parceiros da Madeira, Açores, Canárias, Cabo Verde e Senegal à volta da Arqueologia Subaquática Macaronésica, num debate que incide na temática “Museus e Rotas: a tutela e a transmissão do património arqueológico de origem subaquática”.
Sublinhando a “importância deste trabalho em rede”, a governante espera que, “em estreita colaboração com cada um dos vários parceiros que integram o projeto, se aposte na criação de melhores condições de formação, aprendizagem e valorização do património subaquático e da sua fruição cultural mas, também, turística”.
Conforme salienta e ainda que atendendo às especificidades que diferenciam cada uma das regiões e países aqui representados, “há objetivos comuns que nos unem e que, sem dúvida, passam, cada vez mais, pela válida e necessária interligação e afirmação, pela via do turismo, dos nossos ativos culturais, naturais e ambientais”.
Recorde-se que, destinado a profissionais do setor do turismo desportivo (instrutores e empresas de mergulho), Mergulhadores, Profissionais do setor do património cultural, Estudantes universitários das áreas da Cultura, das Humanidades, do turismo e do meio ambiente, Arqueólogos e técnicos com interesse na área da Arqueologia Subaquática, Pessoal das forças e órgãos de segurança do Estado e, no fundo, todas as pessoas que se relacionem, direta e indiretamente, com o mar, esta iniciativa tem como principal objetivo a maior divulgação do património arqueológico subaquático em todas as regiões e países envolvidos, visando a sua preservação mas, também, a sua valorização e promoção turística.

Anexos

Descritores