Paula Cabaço apresenta, nesta sexta-feira, dia 25 de Janeiro,o Atlas Linguístico-Etnográfico da Madeira e do Porto Santo (Volume I)

Atlas Linguístico- Etnográfico da Madeira e do Porto Santo 24-01-2019 Secretaria Regional do Turismo e Cultura
Paula Cabaço apresenta, nesta sexta-feira, dia 25 de Janeiro,o Atlas Linguístico-Etnográfico da Madeira e do Porto Santo (Volume I)

O Governo Regional, através da Secretaria Regional do Turismo e Cultura, leva a efeito, nesta sexta-feira, dia 25 de janeiro, pelas 17.00 horas, no Colégio dos Jesuítas (Universidade da Madeira), a Apresentação Pública do Atlas Linguístico-Etnográfico da Madeira e do Porto Santo (Volume I). Projeto que se encontra inscrito no Programa Editorial 600 Anos da Descoberta do Porto Santo e da Madeira.
O I Volume do Atlas Linguístico Etnográfico da Madeira e do Porto Santo (ALEMPS) – obra iniciada por um dos pais da Linguística Portuguesa, Luís Filipe Lindley Cintra, que dirigiu ainda o primeiro esboço e até os primeiros inquéritos – estuda, com direção de João Saramago (que apresentará a obra), da Universidade de Lisboa e com a ajuda de duas linguistas da UMa, a especificidade dos falares madeirenses. 
A publicação do Atlas Linguístico-Etnográfico da Madeira e do Porto Santo (ALEMPS) integra, no total, 9 volumes temáticos. Cada um terá, em média e segundo o projeto original, duzentas e cinquenta páginas, com cento e vinte mapas, sendo que o Volume I é inteiramente dedicado à ‘criação de gado – O gado bovino, ovino e caprino. O leite e os derivados. O porco e a matança.’
O Atlas Linguístico Etnográfico da Madeira e do Porto Santo, que surge no âmbito de uma parceria entre a Direção Regional da Cultura e as Universidades de Lisboa e da Madeira, constituirá um repositório da herança linguística e da tradição etnográfica desta Região, sendo uma das marcas principais


Anexos

Descritores