Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo Regional assinala Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

O Governo Regional, através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, preparou um vasto programa para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se comemora a 18 de abril 11-04-2021 Turismo e Cultura
Governo Regional assinala Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

O Governo Regional, através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, preparou um vasto programa para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se comemora a 18 de abril, com visitas guiadas para o público e a apresentação de vídeos acerca das obras de beneficiação e restauro de maior relevância patrimonial a nível regional e nacional: o Convento de Santa Clara e os Tetos Mudéjares da Sé do Funchal. No global, as intervenções ascendem a cerca de 3,5 milhões de euros.

Esta 2ª feira abrem as inscrições para as visitas, inseridas na iniciativa da Direção Regional da Cultura (DRC) “Dar a Ver”, que decorrem a 17 de abril, das 9h30 às 13h00, aos tetos mudéjares, e das 14h00 às 17h00, ao Convento de Santa Clara, com limite máximo de 5 pessoas para cada grupo a cada 30 minutos. Os visitantes serão acompanhados por técnicos da DRC e das empresas de conservação e restauro. Os interessados deverão inscrever-se através do e-mail daraver.drc.@gmail.com

De referir que no dia anterior às visitas, a 16 de abril, nas plataformas digitais da Secretaria Regional de Turismo e Cultura será feita a divulgação de vídeos com a apresentação pelos técnicos envolvidos.

A 18 de abril merecem destaque dois vídeos: o primeiro sobre os trabalhos de conservação e restauro no Tetos da Sé e o segundo sobre os trabalhos de conservação e restauro no Convento de Santa Clara.

Em relação às obras de restauro dos tetos da e do Convento de Santa Clara e em declarações ao DN, o Secretário Regional de Turismo e Cultura destaca a complexidade e rigor colocados nos trabalhos. “Por um lado, falamos de um teto com mais de 500 anos, com caraterísticas únicas, e o maior deste género em Portugal, cujo restauro encontra-se a ser feito através de uma intervenção profunda, para que, a curto prazo, possa apresentar-se tal como foi instalado há cinco séculos”. Eduardo Jesus sublinha que o Governo Regional “está, desde a primeira hora, envolvido neste processo inicialmente com a substituição de todos os telhados e caleiras, posteriormente, na reconstrução e restauro do retábulo da Sé e, finalmente, nos tetos mudéjares”.

O governante considera que se trata de “um momento relevante a nível do património imóvel da Região Autónoma da Madeira e que demonstra, mais uma vez, o empenho e a prioridade que é dada pelo Governo no que concerne às intervenções na área da Cultura”.

No que se refere à obras de reabilitação e restauro do Convento de Santa Clara, Eduardo Jesus destaca que se trata de “um dos mais importantes testemunhos do património cultural e histórico da Região, estando classificado desde 1940 como Monumento Nacional, conservando ainda testemunhos da sua traça primitiva”.

Acentua que o projeto de reabilitação e restauro, integrado na candidatura a fundos comunitários, “consiste na redefinição da área visitável, na recuperação generalizada dos edifícios e espaços que a constituem, na conservação e restauro do espólio artístico existente. Queremos, com este complexo e rigoroso trabalho que está a ser efetuado na recuperação do Convento não só recuperar, mas preservar também as intervenções que foram realizadas ao longo dos últimos séculos. E, para isso, contamos com equipas especializadas nas diversas áreas abrangidas pela beneficiação”.

 

Ler noticia em anexo


Anexos

Descritores