Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Museu Etnográfico da Madeira em Santa Cruz

O Museu Etnográfico da Madeira (MEM), tutelado pela Secretaria Regional de Turismo e Cultura, marcou a comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios na Escola Básica e Secundária de Santa Cruz. 20-04-2021 Turismo e Cultura
 Museu Etnográfico da Madeira em Santa Cruz

O Museu Etnográfico da Madeira (MEM), tutelado pela Secretaria Regional de Turismo e Cultura, marcou a comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios na Escola Básica e Secundária de Santa Cruz.

 

Para o efeito, a equipa do museu deslocou-se ontem, da Ribeira Brava àquele estabelecimento escolar do concelho de Santa Cruz com o intuito de promover a oficina de aprendizagem da confeção das figuras de maçapão, interpretando e reinterpretando estes elementos que fazem parte da História e que identificam culturalmente a Região Autónoma da Madeira.

Indo de encontro ao tema proposto pela Direção-Geral do Património, “Passados Complexos: Futuros Diversos”, e em colaboração com o ICOMOS Portugal, o MEM procurou dar a conhecer este tipo de artesanato popular enquanto herança e referência de identidade. Pretende mostrar, também, um possível caminho a seguir na sua recuperação e afirmação, criando-se novas oportunidades, utilizando artistas madeirenses que, inspirando-se nas tradicionais “bonecas de massa”, desenvolveram um trabalho no âmbito do artesanato e da arte contemporânea.

Para o Secretário Regional de Turismo e Cultura este projeto do museu, localizado na Ribeira Brava, “consolida um dos objetivos preconizados pelo Programa de Governo no apoio à descentralização cultural, destacando-se aqui igualmente um fator importante de preservação das tradições e de identidade cultural”. Daí que Eduardo Jesus enalteça o trabalho do Museu Etnográfico da Madeira na medida em que “vem permitir concretizar um dos desígnios do Governo Regional de fazer chegar a cultura a todos. E, além disso, com este compromisso, saindo do seu espaço, leva conhecimento até para fora do concelho onde está inserido, contribuindo para dar a conhecer aos jovens, novas realidades que constituem uma herança histórica que importa preservar e passar às atuais e futuras gerações”.

 

 


Anexos

Descritores