Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Eduardo Jesus releva importância de disponibilizar cerca de 300 bilhetes-postais ilustrados

A Secretaria Regional de Turismo e Cultura, através da Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira, passou a disponibilizar um conjunto de, aproximadamente, 300 bilhetes-postais ilustrados. 11-07-2021 Turismo e Cultura
Eduardo Jesus releva importância de disponibilizar cerca de 300 bilhetes-postais ilustrados

Os espécimes estão acessíveis na plataforma de pesquisa ARCHEEVO e resultam de 14 editores nacionais e estrangeiros, onde se incluem alguns bilhetes-postais editados pelas casas comerciais madeirenses “Maison Blanche”, casa “Havaneza” e casa “Eldredge”.

Trata-se de parte de uma coleção adquirida a João Rodrigues da Silva pela anterior Direção Regional dos Assuntos Culturais (DRAC), e pelo Arquivo Regional da Madeira (ARM). 

O Secretário Regional de Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, sublinha que “constitui mais um importante contributo do Governo Regional em divulgar partes da nossa história coletiva, que há todo o interesse em tornar partilhável a todos, contribuindo, desta forma, para enriquecer o nosso conhecimento. Este é um bom exemplo de conservar, preservar e difundir cultura”.

Os postais, datados entre finais do século XIX e a segunda metade do século XX, privilegiam paisagens, atividades empresariais e aspetos do quotidiano madeirense.

Na iconografia representada destacam-se as paisagens costeiras e urbanas do Funchal, bem como os transportes, os edifícios turísticos e religiosos e alguns aspetos etnográficos, como por exemplo o traje.

As mensagens escritas são de carácter pessoal e em vários idiomas.

De referir que os postais tiveram como destino diversos países, nomeadamente África do Sul, Escócia, França, Inglaterra, Noruega, Portugal, entre outros.


Anexos

Descritores