Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo empenhado em esbater sazonalidade no Porto Santo

O secretário regional de Turismo e Cultura reuniu com o presidente da Câmara Municipal do Porto Santo durante a curta deslocação que fez à “Ilha Dourada” 20-12-2019 Turismo e Cultura
 Governo empenhado em esbater sazonalidade no Porto Santo

O secretário regional de Turismo e Cultura reuniu com o presidente da Câmara Municipal do Porto Santo durante a curta deslocação que fez à “Ilha Dourada” para estar presente ontem na abertura do “Mercadinho de Natal”, e já esta manhã na missa do parto.

Eduardo Jesus diz que foi uma oportunidade para aferir determinados assuntos que têm a ver com o Turismo e com a Cultura na ilha, que já tinham sido objeto de conversas anteriormente, dando a sequência, e programando, acima de tudo, o ano de 2020 e os anos seguintes, “tendo em conta que o Porto Santo, como destino turístico, tem uma sazonalidade muito forte, que tem sido esbatida, com grande sucesso, com operações como as da Dinamarca. Mas queremos reforçar e esbater ainda mais a sazonalidade, evitando que algumas das unidades que agora fecham no inverno possam manter-se abertas”. Sublinhou que “isto é fundamental para que se mantenha a dinâmica económica e social, porque sem atividade económica, toda a área social fica prejudicada, e a população e as famílias, perdem com isso. Daí a grande aposta que fazemos no sentido de esbater a sazonalidade e reforçar a animação na ilha do Porto Santo”. “É um desafio que está em cima da mesa, como destino que é, de encontrar formas de fazer permanecer mais as pessoas neste território e, simultaneamente, não só através de estadias mais longas como igualmente de mais pessoas a visitar”, complementou.

A nível da Cultura, houve tempo também para falar desta vertente, sobretudo “procurando dar sequência ao trabalho que a Secretaria Regional de Turismo e Cultura tem vindo a fazer nesta área”, rematou Eduardo Jesus.

 


Anexos

Descritores