Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Direção Regional enriquecida com fundo documental de João Ferraz

A Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira (DRABM) passou a dispor do fundo documental de João Higino Ferraz 11-01-2021 Turismo e Cultura
Direção Regional enriquecida com fundo documental de João Ferraz

A Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira (DRABM) passou a dispor do fundo documental de João Higino Ferraz e da sua atividade profissional relacionada com a indústria de destilação de vinho da Madeira, xaropes de uva e refinação de açúcar de cana. É o primeiro fundo transferido do Centro de Estudos de História do Atlântico - Alberto Vieira, que integra a DRABM, uma das três direções regionais da Secretaria Regional de Turismo e Cultura.

O fundo é constituído principalmente por documentos relativos à atividade profissional de João Higino Ferraz e por documentos relativos ao Engenho de Catanho de Meneses. Entre estes conjuntos, contam-se a correspondência recebida e expedida, e igualmente a trocada com familiares e amigos, assim como livros de notas que são quase um diário da sua atividade profissional na Fábrica do Torreão e noutros contextos profissionais.

O fundo documental ficará disponível para consulta presencial a partir do próximo dia 17 de fevereiro.

 

Mais de 300 novas fotografias

Por outro lado, a Secretaria Regional de Turismo e Cultura disponibiliza online este mês, através da Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira (DRABM), mais de três centenas de novas imagens relacionadas com temática e retratos do fundo ‘Photographia Vicente’. 

O conjunto inclui fotografias da Casa de Chá do Santo da Serra, do Chalet Vicentes e do Palácio do Colégio, bem como de outras quintas madeirenses.

 

Eduardo Jesus elogia

 

Em declarações ao JM, o Secretário Regional de Turismo e Cultura enaltece o trabalho da Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira na sua “permanente divulgação ao disponibilizar e tornar acessível a todos, um património histórico valioso. O facto de a Direção Regional disponibilizar mensalmente, e através da plataforma digital, facilita a consulta de documentos de forma segura e com acesso livre e gratuito”.

“Desta forma, estamos a contribuir para a divulgação a nível mundial de um acervo inestimável que reflete o Património da Região Autónoma da Madeira. As plataformas digitais são eficazes e facilitadoras para quem pretende realizar pesquisas onde se incluem estudantes universitários, investigadores residentes na Madeira ou no exterior”.

O governante sublinha que, desta forma, “damos continuidade à política do Governo Regional no que respeita ao público jovem e às futuras gerações”.

 

 


Anexos

Descritores