Internacionalização de empresas madeirenses e atração de investimento externo

Vice-presidente reuniu em Lisboa com a AICEP para reforçar relação e aproveitar recursos conjuntos para a promoção da Região 24-07-2018 Vice-Presidência
Internacionalização de empresas madeirenses e atração de investimento externo

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, reuniu, hoje, em Lisboa, com o presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Luís Castro Henriques.

Esta primeira reunião entre o Vice-presidente e a administração da AICEP teve como objetivo estimular e reforçar a relação entre a Região e aquela entidade empresarial do Estado, no sentido de aproveitar sinergias e recursos conjuntos que ajudem a promover a Madeira e o tecido empresarial regional.

“Pretendemos que a Invest Madeira – Estrutura do Governo que tem por missão assegurar a valorização das empresas regionais e abrir novas oportunidades de negócio para os produtos e empresas madeirenses no mundo –, se possa associar a algumas iniciativas da Agência para o Investimento, promovendo dessa forma a Região e os nossos empresários e, ao mesmo tempo, atrair mais investimento externo, aproveitando o alcance da AICEP em termos de mercados nacional e internacional”, realçou o vice-presidente.

Ainda de acordo com Pedro Calado, há um interesse especial da Região na captação de empresas na área das Novas Tecnologias, no sentido de importar não apenas novo investimento, mas também conhecimento, diversidade de produtos, serviços e inovação.

“Estas empresas podem tirar partido do talento que a Região tem para oferecer, nomeadamente os nossos jovens, que se encontram cada vez melhor preparados, quer em termos de conhecimentos académicos e científicos, quer no domínio destas novas ferramentas, mas também das vantagens do nosso Centro Internacional de Negócios, dos sistemas de incentivos que proporcionamos e da nossa qualidade de vida”, salientou o governante.

Na mesa de trabalho esteve, também, a necessidade de identificar um interlocutor de contato entre as organizações, de modo a agilizar ações futuras e o interesse e disponibilidade da Região na formalização de um protocolo de cooperação.

Foram definidas, ainda, estratégias de ação e definição de metodologia de trabalho a desenvolver, ficando assente o compromisso de que a próxima reunião realizar-se-á na Madeira, no mês de outubro, conjuntamente com entidades regionais e o Conselho de Administração da AICEP.

“Os contactos estabelecidos e a definição de ação conjunta foram muito positivos, ficando agora o Governo Regional, através da Invest Madeira, responsável por estabelecer a definição de prioridades na captação de investimento estrangeiro na Região, bem como na internacionalização de empresas regionais e, ainda, de apontar metas no reinvestimento regional de entidades já estabelecidas”, acrescentou o vice-presidente.