Governo Regional pede explicações à Binter sobre cancelamentos de voos

“Não podemos permitir, nem tolerar estas situações, porque este é um serviço que foi objeto de um concurso público e que, como tal, tem de ser prestado e assegurado convenientemente”, realçou Vice-Presidente do Governo Regional 08-08-2018 Vice-Presidência
Governo Regional pede explicações à Binter sobre cancelamentos de voos

O cancelamento de seis voos, entre ontem e hoje, na ligação entre a Madeira e o Porto Santo, motivou um pedido de esclarecimento do Governo Regional, através da Vice-presidência, à empresa Binter.

Na missiva enviada ao diretor comercial, em Espanha, com o conhecimento do Ministro do Planeamento e das Infraestruturas e do Presidente da Câmara Municipal do Porto Santo, o Vice-presidente, Pedro Calado, demonstrou profundo descontentamento, lembrando que se tratando de uma ligação de interesse público, qualquer cancelamento prejudica gravemente a mobilidade dos passageiros, em particular os residentes do Porto Santo.

“Ora, não podemos permitir, nem tolerar estas situações, porque este é um serviço que foi objeto de um concurso público e que, como tal, tem de ser prestado e assegurado convenientemente. Não se pode cancelar os voos para uma ilha onde não há qualquer outro serviço, sem haver qualquer explicação normal ou digna de aceitação”, reforçou o governante.

De acordo com o Vice-Presidente, a indignação aumenta quando se sabe que não foram as condições meteorológicas desfavoráveis, associadas a fortes ventos no Aeroporto da Madeira, que fizeram cancelar estes voos, uma vez que a mesma companhia realizou, sem qualquer restrição, para Canárias.