Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Porto Santo tem beneficiado de especial atenção

O Vice-presidente defendeu hoje, na tomada de posse dos órgãos diretivos da Associação Empresarial do Porto Santo, que a ilha tem sido objeto de acesos cuidados e de um vigoroso esforço do Governo Regional no sentido de dinamizar a economia local. 24-06-2020 Vice-Presidência
Porto Santo tem beneficiado de especial atenção

O Vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado afirmou, hoje, que particularmente alerta para a situação de crise que a economia regional enfrenta – a par da economia nacional e de muitas economias mundiais –, o Governo Regional tem vindo a despender um grande esforço para reduzir os efeitos socioeconómicos provocados pela pandemia do COVID 19 e para apoiar as famílias e as empresas porto-santenses.

Durante a cerimónia de tomada de posse dos novos corpos gerentes da Associação Empresarial do Porto Santo (AEPS), o governante lembrou as várias medidas disponíveis de apoio à manutenção das empresas e negócios, bem como de apoio ao emprego, dando como exemplo a linha Investe RAM COVID-19 para apoio às empresas regionais afetadas, que recebeu mais de 80 candidaturas de empresas porto-santenses, sendo que 57 processos já se encontram enquadrados, ou seja, com autorização de pagamento, num valor correspondente a cerca de 800 mil euros.

Reforçando que o Porto Santo e a sua população têm beneficiado de especial atenção por parte do Governo Regional e de um vigoroso esforço para ajudar a economia da ilha, Pedro Calado salientou, entre várias medidas, dos apoios extraordinários à manutenção dos contratos de trabalho para empresas com trabalhadores em layoff, através do apoio financeiro destinado exclusivamente ao pagamento de remunerações.

“Do Porto Santo, o Instituto de Segurança Social da Madeira recebeu o pedido de layoff simplificado de 55 empresas, que empregam cerca de 571 trabalhadores, tendo sido já efetuados pagamentos a 93% destas, ou seja, a 51 empresas, e apoiados 433 trabalhadores, num valor superior a 191 mil euros”, destacou o vice-presidente, acrescentando que a estes valores, junta-se a prorrogação do pedido de layoff que, entretanto, já beneficiou 49 empresas, num total de 299 trabalhadores e num apoio de cerca de 134 mil euros.

O vice-presidente destacou, ainda, outra medida fundamental para dinamizar a economia da ilha e incentivar mais pessoas a visitarem o Porto Santo neste período, nomeadamente através do alargamento do subsídio de mobilidade durante os meses de verão e do desconto imediato do mesmo na compra das passagens de barco e avião.

“Para além de incentivar os madeirenses a escolherem a sua própria Região como destino de férias para este verão e ajudar a proteger a nossa economia, esta medida, que representa um investimento superior a dois milhões de euros, comprova o empenho e o compromisso do Governo Regional com a população do Porto Santo e é mais um sinal claro das medidas de apoio colocadas à disposição da população e, indiretamente, do tecido empresarial local”, reforçou.