Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Vice-presidente felicita boa articulação com a Câmara Municipal do Porto Santo

O vice-presidente do Governo Regional congratulou-se, esta segunda-feira, com a boa articulação que tem havido com a Câmara Municipal do Porto Santo. Pedro Calado, que falava na cerimónia comemorativa do 184.º aniversário do dia do concelho do Porto Santo, realçou também o trabalho de cooperação entre a autarquia e o Executivo Regional. 24-06-2019 Vice-Presidência
Vice-presidente felicita boa articulação com a Câmara Municipal do Porto Santo Tal como afirmou, “tem sido um trabalho de cooperação que começa já a dar frutos, aos mais diversos níveis, num espírito de colaboração que beneficia, acima de tudo, toda a população do Porto Santo, a quem servimos e que foi quem nos deu a confiança e legitimidade democrática para governar”.
Também por isso, disse, “o Governo Regional tem vindo a criar condições e a melhorar qualidade de vida das populações que aqui vivem, não apenas no abastecimento de água potável, como em matéria de saneamento básico, com grandes investimentos e um serviço que deve fazer inveja aos melhores que existem por essa Europa fora, mesmo tratando-se de uma pequena ilha, condição que, à partida, poderia ser desencorajadora ou inibidora do progresso que alcançámos”.
Hoje, rematou Pedro Calado, “as famílias porto-santenses gozam de muito melhores condições de vida, com melhores acessos viários, entre tantas outras infraestruturas que foram construídas pelo Governo Regional e que se têm mostrado determinantes para garantir um efetivo desenvolvimento sustentável”.
Conforme referiu, “este nosso esforço e este investimento que está a ser feito é, em primeiro lugar, para a melhoria da qualidade de vida das pessoas que aqui vivem. Ao contrário de outros que falam apenas por falar nas pessoas, nós materializamos essa preocupação e correspondemos às expetativas das populações com medidas concretas. Sem falsas promessas, como agora está tanto na moda. O que fazemos pela população está à vista de todos”. 
A isto, disse Pedro Calado, “chamamos: política séria. Não é vir para aqui prometer que vamos ter o céu e a terra neste pequeno paraíso, ou vir prometer obras para Lisboa pagar – sabe-se lá a que preço… Política séria é fazer! É concretizar! Política séria é corresponder, sempre que possível, às expetativas da população. Sempre com bom senso e prudência”.
Tal como afirmou, “não podemos, a reboque das eleições que se avizinham, vir aqui prometer mundos e fundos. O que podemos garantir é que vamos continuar a trabalhar como até aqui. Já demos provas do nosso empenho e do nosso trabalho. Contribuímos para a inegável melhoria da qualidade de vida das populações. Penso que todos estarão de cientes deste esforço e deste desenvolvimento que alcançámos no Porto Santo”.