Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Madeira reclama continuidade territorial efetiva

O vice-presidente do Governo Regional da Madeira disse esta manhã, no porto do Funchal, que a Região tudo fará para manter uma ligação ferry com o continente. Pedro Calado aproveitou para lembrar as promessas da ministra do Mar para com a Região em matéria de continuidade territorial, e insistiu com o subsídio social de mobilidade para as ligações marítimas. 08-07-2019 Vice-Presidência
Madeira reclama continuidade territorial efetiva Pedro Calado, que esteve no porto do Funchal para assinalar esta primeira viagem deste ano para Portimão do navio ferry “Volcán Volcán Timanfaya”, disse que Governo Regional defende “uma operação o ano inteiro e de preferência com Lisboa, não com Portimão". Mas, tal como afirmou, a Região não pode suportar sozinha estes custos, que deveriam ser assegurados pela República, como garantia da continuidade territorial.
Sobre o subsídio de mobilidade para as ligações marítimas Pedro Calado disse que "o que está aqui em causa não é o custo por passageiro. O que está aqui em causa é o princípio da liberdade e da continuidade territorial entre a Madeira e o continente. Não temos culpa de ser e de estar numa ilha".

Anexos

Descritores