Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Empresas apontam dificuldades no recrutamento de pessoal

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, visitou, esta manhã, as instalações da empresa SOCIPAMO, na Fundoa, onde apontou para a necessidade de mão-de-obra para a panificação e pastelaria, a exemplo do que tem também acontecido noutros sectores, onde o problema persiste. 03-12-2019 Vice-Presidência
Empresas apontam dificuldades no recrutamento de pessoal De acordo com Pedro Calado, os empresários dizem que “não tem sido nada fácil encontrar mão-de-obra, mesmo que não sejam pessoas com qualificações, que tenham apetência para começar a aprender esta arte e fazer formação”.
Hoje, prosseguiu o governante, “quando os jovens são chamados a trabalhar por turnos, sobretudo ao fim-de-semana, não mostram grande apetência por este tipo de trabalho e a grande dificuldade que esta indústria está a sentir é essa”.
Ainda a este nível, Pedro Calado diz que os empresários procuraram, também, sensibilizar para uma atenção especial “à formação profissional, com cursos que possam, no fundo, agregar e fazer com que a juventude comece este tipo de atividades”.
Pedro Calado, que começou por falar na forma como a empresa tem vindo a enfrentar as dificuldades, em especial o 20 de fevereiro e os prejuízos que as intempéries causaram, felicitou a determinação dos empresários que, com o apoio de alguns fundos comunitários e do Governo Regional, decidiram seguir em frente, empregando, atualmente, mais de 300 pessoas, 12 lojas e já com alguma exportação.