Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.

Cerimónia de Entrega dos Galardões Green Key - edição 2019

Jardim Botânico da Madeira| julho de 2019 12-07-2019 Direção Regional do Ordenamento do Território e Ambiente
Cerimónia de Entrega dos Galardões Green Key - edição 2019 Decorreu no dia 11 de julho, no Jardim Botânico do Funchal da Madeira – Eng.º Rui Vieira, a cerimónia de entrega dos galardões Green Key – edição 2019.

A cerimónia contou com a presença do presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, com a Coordenado Nacional do Programa Green Key, Fátima Vieira, entre outras entidades.

Na ocasião foram distribuídos os 57 diplomas aos empreendimentos galardoados com esta distinção. A Região Autónoma da Madeira, continua a ser a região do país com maior número de hotéis galardoados no âmbito deste programa.

Pela primeira vez este ano na Região, candidatou-se um restaurante ao galardão Green Key – Restaurante da Ponta da Calheta (Porto Santo).

Galardoados em 2019

Associação Bandeira Azul da Europa anunciou as 181 unidades que receberam o galardão Green Key em 2019, no dia 3 de junho, no Hotel Pestana Alvor Praia, em Portimão.

Este programa, desenvolvido pela Foundation for Environmental Education (FEE), está presente em 57 países e conta com uma rede de cerca de 3000 galardoados. Em 2019, em Portugal, foram reconhecidos 181 estabelecimentos, mais 54 do que em 2018, o que representa um crescimento relativo de 30%. Estes números colocam Portugal na 5ª posição, depois da Bélgica, que conta com 235 estabelecimentos galardoados, numa lista liderada pela Holanda, com 683 estabelecimentos Green Key.

Na edição de 2019, o destaque nacional vai para a Região do Algarve, onde se verifica um crescimento de 21 unidades, ou seja, mais 67% em relação a 2018. No entanto, a Região da Madeira continua a liderar no que diz respeito ao número de galardoados, pois em 2019 são 57 os estabelecimentos turísticos reconhecidos com este certificado internacional, ou seja, 31% do total nacional. A nível regional, à Madeira seguem-se o Algarve com 31 estabelecimentos reconhecidos, a Região Norte e Centro com 28 cada uma, Lisboa e Vale do Tejo com 19, os Açores com 14 e o Alentejo com 4.

À semelhança do que se verifica noutros países que implementam o Programa Green Key, em Portugal a categoria com maior número de unidades reconhecidas é a dos Hotéis (125), seguem-se os Alojamentos Locais (21), os Turismos no Espaço Rural (19), os Restaurantes (10) e por último os Parques de Campismo (6).

O Turismo é das indústrias mais importantes a nível nacional e atravessa uma das fases de maior expansão, desempenhando um papel significativo no que diz respeito ao desenvolvimento sustentável. Assim, o crescimento do programa Green Key, tanto a nível nacional como internacional, enfatiza que as unidades turísticas, e os seus clientes, reconhecem e valorizam locais com Políticas e Práticas Ambientais definidas e que vão ao encontro dos objetivos do Programa Green Key.

Saiba mais em:https://greenkey.abae.pt/

Anexos

Descritores