Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Abertura do ano escolar na Região “continua a dar sinais positivos”

Presidente do Governo visitou escola do 1º Ciclo com Pré, em Câmara de Lobos. Congratulou-se com o cumprimento de medidas de segurança e pediu a professores e demais funcionários que mantenham o esforço 15-10-2020 Presidência
Abertura do ano escolar na Região “continua a dar sinais positivos”

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visitou hoje, quinta-feira, 15 de outubro, a Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Fonte da Rocha, em Câmara de Lobos, com o objetivo de ver in loco o funcionamento das medidas profiláticas e de segurança adotadas por aquele estabelecimento de ensino no âmbito da prevenção da COVID-19.

Miguel Albuquerque disse ser gratificante constatar que as recomendações têm sido escrupulosamente seguidas pelos conselhos diretivos, professores, funcionários dos diversos estabelecimentos de ensino da Região, assim como pelas famílias dos alunos.

A abertura do ano escolar na Madeira e Porto Santo continua assim a dar sinais positivos, garantindo segurança às nossas crianças e jovens, mas, conforme pediu o líder do Executivo, é fundamental toda a comunidade escolar manter o esforço.

“É evidente que isto obrigou e vai continuar a obrigar a um esforço acrescido”, reconheceu Miguel Albuquerque.

“E é fundamental não se perder este sentido de disciplina e de organização porque a tendência ao fim de algumas semanas ou meses é tentar relaxar”, continuou.

O governante advertiu ainda para o pico pandémico que o país e a Europa vivem neste momento. Um pico obriga a um redobrar de cuidados, como é exemplo a dupla testagem à COVID junto de algumas classes profissionais na chegada à Região.

“A recomendação que foi feita aos profissionais da educação e da área social, que viajaram com os seus filhos, devido à universidade, está a ser cumprida”, indicou o Chefe do Governo.

“Neste momento a situação é de segurança e de confiança no cumprimento daquilo que têm sido as regras profiláticas e de prevenção determinadas pela Autoridade Regional de Saúde”, concluiu.


Anexos

Descritores