Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Governo Regional tem como objetivo continuar a desenvolver o Porto Santo de uma forma sustentável

O Secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Fino, realizou ontem uma visita de trabalho ao Porto Santo, onde teve oportunidade de visitar obras que se encontram em curso e da responsabilidade da Secretaria que lidera, bem como de reunir-se com o autarca local e auscultar as necessidades da população. 10-02-2022 Equipamentos e Infraestruturas
Governo Regional tem como objetivo continuar a desenvolver o Porto Santo de uma forma sustentável

Após uma passagem pelas obras de beneficiação e conservação do Centro da Juventude do Porto Santo, aos trabalhos que decorrem no emblemático edifício Baiana e no Centro Hípico, Pedro Fino, em jeito de balanço desta visita, sublinhou que “o Governo Regional tem como objetivo continuar a desenvolver o Porto Santo de uma forma sustentável nas várias dimensões – económica, social e ambiental – e, para cumprir esse objetivo, através da Secretaria Regional de Equipamentos e Infraestruturas, o Governo Regional apresenta um conjunto de investimentos importantes em várias áreas”.
 

O governante relembrou o lançamento do concurso da EEM para a construção da Central de Baterias de 6 MW ao abrigo do Programa de Recuperação e Resiliência, com um valor base de investimento de cerca de 11M€, o que, em termos ambientais, irá permitir um maior encaixe de energias renováveis. Os contadores inteligentes recentemente instalados na ilha também vão permitir aos consumidores “uma gestão energética melhor”.
 

Quantos aos equipamentos sociais, na área da saúde salientou a construção da Unidade Local de Saúde. “Este ano iremos trabalhar no projeto, vamos arrancar com a prospeção geológica e geotécnica e contamos, até ao final deste ano, lançar o concurso para a obra”, adiantou. Enquanto esta obra não está concluída, o Governo Regional continuará a dar melhores condições aos utentes do Centro de Saúde local, sendo que, dentro de um mês, começarão os trabalhos de reabilitação da cobertura e a ampliação da sala de fisioterapia.
 

Na área da educação e cultura, decorre a obra de beneficiação e conservação do Centro da Juventude do Porto Santo, um investimento de 678 mil euros, para melhorar a operacionalidade do empreendimento, contemplando uma nova cozinha, novos quartos e uma nova zona de lazer.
 

Pedro Fino destacou ainda a criação do núcleo museológico do edifício Baiana, bem como a reabilitação de todo o edifício, uma intervenção importante, por encontrar-se no centro do Porto Santo, e cuja conclusão está prevista para outubro próximo.

Na área da habitação, e fruto da Oferta Pública de Aquisição lançada pela IHM, EPERAM, o governante avançou que existe um candidato à construção, a custos controlados, de 30 habitações. “Neste momento decorrem as avaliações das propostas, mas, se tudo correr bem, será adjudicado este investimento ainda este mês”, referiu.
 

Dado o papel importante do turismo na economia da ilha, nomeadamente do turismo desportivo, o Secretário Regional frisou que o Governo vai continuar a apostar na reabilitação dos equipamentos desportivos, como já acontece no Centro Hípico, um investimento de 355 mil euros e que deverá estar concluído até à Páscoa deste ano. O empreendimento será integralmente reabilitado e o bar posteriormente concessionado.
 

A reabilitação do Campo de Ténis também irá avançar este ano. Os trabalhos, orçados em cerca de 700 mil euros, serão executados com receitas próprias da Sociedade de Desenvolvimento do Porto Santo.
 

Prevista está ainda a requalificação da Fonte da Areia, em parceria com a Câmara Municipal. No local serão criadas duas zonas de lazer, o miradouro também será reabilitado, bem como as instalações sanitárias e a vereda de acesso ao mar.
 

Pedro Fino recordou que recentemente, num Conselho de Governo, foi autorizada a rentabilização de alguns ativos da Sociedade de Desenvolvimento do Porto Santo, com o lançamento de um concurso para a alienação de 39 lotes anexos ao Campo de Golfe do Porto Santo. Com esta venda, o objetivo é arrecadar cerca de seis milhões de euros.

“Todo este investimento demonstra bem a preocupação que o Governo tem com o Porto Santo e os porto-santenses”, rematou.


Anexos

Descritores