Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo Regional está atento e consciente dos principais desafios que Santa Cruz enfrenta

No âmbito das comemorações de ontem do Dia da Freguesia de Santa Cruz, o Secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Fino, em representação do Presidente do Governo Regional, referiu que “o Governo Regional está atento e consciente dos principais desafios que o concelho de Santa Cruz enfrenta” e enumerou algumas “várias obras estruturantes” que estão previstas para o concelho”. 16-01-2020 Equipamentos e Infraestruturas
Governo Regional está atento e consciente dos principais desafios que Santa Cruz enfrenta

“No mandato anterior (2015 – 2019), investimos mais de 13 milhões de euros no concelho de Santa Cruz, em reabilitações de escolas e pavilhões, incluindo a construção do novo auditório da Escola de Santa Cruz, requalificação de Centros de Saúde, recuperação de sistemas de regadio, estabilização e reconstrução de estradas regionais, construção do novo Jardim do Garajau, que se está a tornar num novo polo de lazer, destinado ao usufruto de toda a população, mas principalmente das famílias do concelho de Santa Cruz, com muitas infraestruturas de diversão e desporto, dedicados aos mais jovens”, apontou na cerimónia solene comemorativa do Dia da Freguesia de Santa Cruz, que decorreu no edifício do Tribunal.

Pedro Fino avançou que estão em curso, e previstas para este mandato, “várias outras obras estruturantes para o concelho”, nomeadamente a nova rotunda das Eiras, a Reformulação do Nó da Cancela, a reconstrução e requalificação de estradas regionais (203 – Carreiras e 204 – Figueirinhas), bem como a reabilitação das estruturas de suporte da ER 101 – Santa Cruz (abóbadas da cabeceira do aeroporto) e ainda diversas obras em escolas, sempre em benefício da população do concelho de Santa Cruz. Nesta legislatura, o Governo Regional irá também reabilitar o porto de abrigo de Santa Cruz, numa obra com início previsto para 2020.

“Esta continua a ser a estratégia do Governo Regional, numa política de proximidade com as populações, os produtores, os empresários locais, melhorando a qualidade de vida, os apoios sociais, as acessibilidades e as infraestruturas existentes”, reforçou.

“Iremos, para o próximo quadriénio, continuar a garantir equipamentos de saúde e educação adequados à prestação dos melhores serviços à população; a assegurar a sua proteção e segurança; a apoiar as instituições que trabalham na área social de forma a que possam garantir todo o apoio à população idosa e mais carenciada; e a apoiar as associações desportivas, que assumem um papel tão importante num concelho como Santa Cruz, que tem a maior percentagem de população jovem da Região”, enumerou, acrescentando que o Governo Regional continuará “em estreita cooperação com os municípios, as instituições parceiras e as empresas, a enfrentar os desafios e as exigências que o desenvolvimento social, económico e local nos impõe, sempre num clima de diálogo e cooperação, fundamental para atingir o sucesso”.

“Estejam certos de que o Governo Regional irá continuar a apoiar Santa Cruz, ultrapassando os novos desafios que irão, com certeza, se colocar, mantendo sempre a identidade do concelho e da sua população”, sublinhou.


Anexos

Descritores