Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Economia promoveu divulgação do SI Funcionamento no “Caniço Shopping”

Rui Barreto reuniu com cerca uma dezena de lojistas e empresários do Caniço. 21-12-2020 Economia
Economia promoveu divulgação do SI Funcionamento no “Caniço Shopping”

O secretário regional da Economia e o presidente do IDE deslocaram-se ao “Caniço Shopping”, na passada sexta-feira, 18 de dezembro, para esclarecer os pequenos empresários e lojistas daquela unidade comercial sobre o novo SI Funcionamento. Na ação, promovida pela secretaria regional da Economia, participaram cerca de uma dezena de lojistas.

 

O secretário regional já reconheceu a dificuldade dos pequenos empresários no acesso aos Sistemas de Incentivos do IDE. Rui Barreto quer uma maior “democratização dos apoios” e que os mesmos cheguem a todos. Quer sejam micro, pequenas, ou grandes empresas.

 

“Este apoio foi desenhado para ser mais direto e mais simples, com o mínimo de complicações. Já reunimos com mais de 150 empresários e vamos continuar a promover ações para divulgar e esclarecer sobre os apoios disponíveis, sobretudo junto dos setores mais afetados pela pandemia”, afirma o secretário regional da Economia.

 

Rui Barreto destaca o “bom acolhimento” das medidas, revelado pelos empresários no decorrer dos vários encontros que têm ocorrido desde o início do mês de dezembro. Esta crise, afirma o governante, “só se irá vencer com empenho e criatividade, ouvindo empresários e associações empresariais e percebendo que, infelizmente, não existem milagres, ou seja, o discurso tem de ser corajoso, mas realista. Positivo e verdadeiro”. O secretário regional assegura que o Executivo está “lado a lado” com as empresas e com os trabalhadores para ultrapassar a crise provocada pela pandemia e garante que o Governo irá “apoiar sempre na manutenção dos postos de trabalho”.

 

Recorde-se que o Governo Regional abriu, no passado dia 4 de dezembro, o novo aviso do SI Funcionamento. Em causa estão 10 milhões de euros a fundo perdido que podem ser usados como alívio à tesouraria para pagar salários, despesas com consumo de energia elétrica, consumo de água, custos com contribuições obrigatórias para a segurança social, custos com rendas e serviços de contabilidade. A taxa de comparticipação das despesas é de 12,5% para empresas com sede na ilha da Madeira. Para as empresas localizadas no Porto Santo será concedida uma majoração de 10%.

 

A receção de candidaturas ao SI Funcionamento decorre até 19 de janeiro de 2021. O novo apoio é acessível às micro, pequenas, médias e grandes empresas. As mesmas devem formalizar a candidatura na plataforma eletrónica Balcão Portugal 2020.


Anexos

Descritores