Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Região reforça visibilidade das tecnológicas na “Web Summit”

INVEST 21-10-2021 Economia
Região reforça visibilidade das tecnológicas na “Web Summit”

Dezassete entidades madeirenses marcam presença na “Web Summit”, evento que se realiza entre os dias 1 e 4 de novembro, em Lisboa.

 

A Região, através da Invest Madeira, volta a marcar presença, este ano, na “Web Summit”, evento que reúne um total de 13 empresas regionais e outros três parceiros institucionais, precisamente, a Universidade da Madeira, o Centro Internacional de Negócios da Madeira e a Startup Madeira.

 

Entre as empresas estão a ACIN, Press Power, Nearsoft, XisGroup, GesTools ASP, Dobsware, Lim9 e a Floating Particle, bem como cinco startups, precisamente, a Dimmersions, footAR, Língua Online, Oldo – Dog Tech e a DTWay.

 

Desta forma, tal como referiu, ao JM, o secretário regional de Economia, Rui Barreto, “a Invest Madeira proporciona às empresas madeirenses, pela terceira vez, a sua participação na ‘Web Summit’, como forma de divulgar a tecnologia que a Madeira é pioneira e, acima de tudo, acompanhar as tendências mundiais ao nível de tecnologia e inovação”.

 

Este ano, conforme revelou Rui Barreto, “após a pandemia e com o retoma dos eventos presenciais, a adesão à ‘Web Summit’ por parte das empresas regionais superou as expetativas, o que é extremamente animador do ponto de vista da performance económica da Região”.

 

Em seu entender, a participação da Madeira naquele que é considerado um dos mais importantes eventos tecnológicos de todo o mundo, “vem reforçar a posição e a importância crescente que o sector das empresas tecnológicas tem vindo a registar nos últimos anos”.

 

Rui Barreto diz que “esta participação não só vem trazer maior visibilidade para as empresas madeirenses que trabalham nesta área, como vem permitir, também, que os participantes possam adquirir conhecimentos e ligações a empresas de todo o mundo neste domínio, alargando mercados e o potencial de produtos e serviços”.

 

Para o governante, “é fundamental que este sector, que registou um volume negócios superior a 211 milhões de euros em 2019, empregando mais de 1.500 colaboradores na Região, possa manter e incrementar este crescimento, gerando riqueza e emprego”.

 

“Consciente dessa realidade – diz Rui Barreto –, o Governo Regional tem apostado em duas vertentes que me parecem ser fundamentais, nomeadamente, ao nível dos recursos humanos, criando condições para a formação e requalificação de quadros para estas áreas, mas também ao nível das infraestruturas, de que é exemplo o lançamento do novo cabo submarino, que vem melhorar as comunicações, com tecnologia 5G, mais eficiente e, sobretudo, mais económica”.


Anexos

Descritores