Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Eduardo Jesus enaltece ato de desprendimento do eng. Melim Mendes

O secretário Regional de Turismo e Cultura enalteceu e agradeceu “o ato de generosidade e de desprendimento de uma coleção que demorou mais de sete décadas para ser criada. Estes atos de desprendimento estão reservados a muito poucos”, disse o governante, salientando ser “uma sorte para a Região e para a DRAMB passar a ser a fiel depositária de uma coleção tão bem organizada e preservada”. 14-07-2021 Turismo e Cultura
Eduardo Jesus enaltece ato de desprendimento do eng. Melim Mendes

Eduardo Jesus falava a propósito da assinatura concretizada ontem do auto de doação com o eng. Melim Mendes, para a entrada no ABM - Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira, de 12 álbuns com cerca de 6.000 postais ilustrados.

A coleção de postais que ontem deu entrada no ABM é vasta e distingue-se pela antiguidade e raridade de muitos dos exemplares. Encontra-se criteriosamente organizada pelo colecionador, reunindo-se, entre outros, os seguintes motivos e temas: eventos e acontecimentos; primeiros postais sobre a Madeira; vistas e panorâmicas do Funchal; a representação da paisagem madeirense através de aguarelistas como Max Rhömer, Paolo Kutscha, Ella Du Cane, entre outros; Companhias de navegação e navios; vistas e panorâmicas do arquipélago da Madeira e dos seus vários municípios; Fim do Ano; hotéis e turismo; aspetos sociais e profissões.

Eduardo Jesus sublinhou que esta coleção é bem reveladora também do quão Melim Mendes é um homem apaixonado pela Madeira, que, embora tendo nascido aqui, fez todo o seu percurso profissional fora, vendo sempre na ilha através do imaginário potenciado pelos postais que foi colecionando.

O governante garantiu ainda que a coleção ficará em boas mãos, numa instituição que tem mostrado como se deve promover o conhecimento com base no repositório das memórias. Após tratamento, que inclui atividades de descrição, catalogação e digitalização, os postais ficarão disponíveis a consulta pública, pela via digital, através das plataformas de pesquisa do ABM.


Anexos

Descritores