Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Vânia Fernandes marca a estreia de "Visitas Cantadas"

O projeto é apresentado esta quarta-feia 20 de maio 19-05-2020 Turismo e Cultura
Vânia Fernandes marca a estreia de "Visitas Cantadas"

A iniciativa do Governo Regional, através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, “Visitas Cantadas” estreia esta quarta-feira, 20 de maio, no canal youtube “Cultura Madeira”, bem como nas plataformas digitais dos museus.

Após uma semana de gravações nos museus, o público vai poder visitar espaços online, com o apoio de dez artistas.

Secretário Regional de Turismo e Cultura, que pôde ver em primeira mão, as gravações, mostra-se visivelmente satisfeito com o resultado. “Em boa hora, avançámos com este projeto, e que curiosamente surpreende, mesmo para quem conhece os nossos museus. As músicas e as interpretações dos artistas que participam, dão-nos outro olhar, outra forma de sentir os espaços, as peças de arte, os salas e os jardins, aguçando a curiosidade em visitar os nossos museus. E o facto de termos artistas com várias faixas etárias, a partir dos 18 anos, sendo que alguns deles, não conheciam os nossos espaços, tem sido curioso verificar as imensas partilhas que têm feito nas redes sociais, o que leva -nos a concluir que esta iniciativa vai também atrair a camada mais jovem, a visitar os nossos museus”. Eduardo Jesus considera ainda que “esta foi também uma forma de apoiar os músicos que ficaram privados de exercer a sua atividade devido às contingências impostas pela pandemia e ao mesmo tempo, manter os nossos espaços dinamizados”, acrescentando que “este projeto, surgido numa altura de confinamento e distanciamento social, pode ser o ponto de partida para outras iniciativas que apelem à criatividade e imaginação, na forma como abordamos a Cultura”.

 

O arranque de “Visitas Cantadas” será esta 4ª feira com a cantora Vânia Fernandes, natural da Madeira com formação em Canto no Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira Eng.º Peter Clode, licenciatura em Canto – Jazz na Escola Superior de Música de Lisboa e com Mestrado em Ensino de Educação Musical na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal.

Ficou conhecida do grande público através da participação no programa televisivo da RTP- Operação triunfo em 2007, no qual conquistou o 1º lugar e posteriormente por ter representado Portugal com a canção “Senhora do Mar” no prestigioso certame televisivo – Eurovision Song Contest - onde foi congratulada pela imprensa europeia como a melhor intérprete do evento. 

Participou em diversos eventos musicais, entre eles o Angrajazz, Além Tejo Jazz, Funchal Jazz, Porto Blue Jazz, Jazzy Colours em Paris e na IV Festa do Jazz no Teatro São Luiz onde ganhou o Prémio Reconhecimento. Integrou a Orquestra de Jazz “European Movement Jazz Orchestra” e participou em concertos de vários géneros musicais no Canadá, Inglaterra, França, Luxemburgo, Alemanha, Eslovénia, Venezuela, África do Sul, Espanha, Holanda entre outros.

Atualmente é docente de Canto Jazz e Educação Musical e mantém vários projetos em diferentes vertentes Musicais, de destacar a parceria com a Orquestra Imperatriz Sissy, o projeto "Lado Luso" e a residência artística no Casino da Madeira com o projeto “It takes 2 – Greatest Duets”.

Vânia Fernandes interpreta duas músicas portuguesas, no MUDAS. Museu de Arte Contemporânea da Madeira, espaço que recentemente apresentou a exposição virtual 360º  “O principio do (In)visível”, na sua plataforma.

MUDAS. Museu de Arte Contemporânea da Madeira

A coleção de arte contemporânea portuguesa do Museu é essencialmente constituída por obras adquiridas a galerias de arte ou aos próprios autores, juntando-se a este núcleo as doações provenientes das exposições da antiga Galeria da Secretaria Regional de Turismo e Cultura e de particulares, como Ana Hatherly, Pedro Valdez Cardoso, Albuquerque Mendes, Sofia Areal, etc.
Com a transferência da instituição, em outubro de 2015, para o Centro das Artes Casa das Mudas, Calheta, projeto da autoria do arquiteto Paulo David, inaugurado em outubro de 2004, edificado na antiga propriedade da solarenga Casa das Mudas, passou a denominar-se Mudas. Museu de Arte Contemporânea da Madeira.

Visitas Cantadas conta com a realização de Eduardo Costa, produção de Maria da Paz Rodrigues, som de Luís Nunes e instrumental de Paulo Ferraz. Participam Vânia Fernandes, Marta Rodrigues, Cristina Barbosa, Tiago Sena Silva, Lidiane Duallibi, Vânia Baganho, Diana Duarte, Miguel Pires, Sofia Almeida e Sofia Ferreira. As gravações decorreram nos concelhos da Calheta, Ponta do Sol, Ribeira Brava, São Vicente, Machico e Funchal onde estão localizados o MUDAS. Museu de Arte Contemporânea da Madeira, Centro Cultural John Dos Passos, Museu Etnográfico da Madeira, Solar do Aposento, Solar de São Cristóvão, Centro Cultural - Quinta Magnólia, Museu Quinta das Cruzes, Universo de Memórias João Carlos Abreu, Casa-Museu Frederico de Freitas e Museu de Fotografia da Madeira, respetivamente.

A partir de 4ª feira, e até 29 de maio, serão apresentadas, diariamente, no canal youtube “Cultura Madeira”, as duas canções de cada um dos músicos e que serão também partilhadas nas plataformas digitais dos museus e da Direção Regional da Cultura.

Link do canal “Cultura Madeira”:

https://www.youtube.com/channel/UCzMKf7rk709MP4roem_gHnQ/videos

 


Anexos

Descritores