Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Madeira vai necessitar de empresas fortes e dinâmicas

O presidente do Governo Regional disse hoje que a Região vai precisar de uma retaguarda forte ao nível de empresas que possam desenvolver uma série de produtos nas mais variadas áreas e que vão ao encontro da procura a nível nacional e internacional. 12-02-2021 Presidência
Madeira vai necessitar de empresas fortes e dinâmicas

Uma dessas empresas, perspetiva, é a Máxima Dinâmica, empresa que visitou hoje de manhã. E que elogiou: «É uma firma essencial à economia regional. Tem mais de 100 postos de trabalho. E ainda dá trabalhos de subempreitada a outras empresas».

«É empresa constituída por empresários jovens e por técnicos jovens, muito habilitados e competentes e é, neste momento, uma empresa já incontornável no panorama empresarial madeirense. Foi, aliás, a PME premiada em 2017», prosseguiu nos encómios.

Segundo Miguel Albuquerque, a empresa «tem todas as condições para continuar o seu trabalho, nos diversos sectores em que está envolvida».

Neste sentido, afirmou o interesse do Governo Regional em contar com a “Máxima Dinâmica”, para que «seja um parceiro no futuro da Região no desenvolvimento de novas áreas, por exemplo na área do design».

O objetivo da empresa, disse, «é criar também produtos de excelência na área do mobiliário de casa e na área da iluminação».

«Vamos pôr os nossos jovens a trabalhar e precisamos de um background de empresas que possam desenvolver também este tipo de produtos, bem como outros», concluiu.

A “Máxima Dinâmica – Reparações & Construções Lda.” desenvolve atividade de construção civil e obras públicas desde 2006, atuando no âmbito da construção, reabilitação, restauro e manutenção do património edificado.


Anexos

Descritores