Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Teófilo Cunha reivindica da Europa compensação pelas artes de pesca artesanal

Decorreu no Colégio dos Jesuítas, no Funchal, durante três dias, a reunião anual do Grupo Regional de Coordenação da Pesca de Longa Distância (RCG-LDF) 20-07-2022 Mar e Pescas
Teófilo Cunha reivindica da Europa compensação pelas artes de pesca artesanal

Decorreu no Colégio dos Jesuítas, no Funchal, durante três dias, a reunião anual do Grupo Regional de Coordenação da Pesca de Longa Distância (RCG-LDF), que abrange as regiões em que a pesca é explorada por navios da União Europeia (EU) e gerida pelas organizações regionais de gestão das pescas (RFMO), da qual a UE é parte contratante ou observador.

 

Este grupo envolve a Comissão Europeia, correspondentes nacionais, bem como biólogos e economistas de cada Estado-membro envolvidos no programa EU-MAP/ PNRD.O objetivo do encontro foi desenvolver e implementar bases de dados regionais, discutir, verificar e reunir todas as informações fornecidas por cada região, contribuindo para o aumento da eficiência, eficácia e integração dos vários Programas Nacionais do EU-MAP e a recolha de dados de pesca necessários à determinação de medidas para uma pesca sustentável.

 

A reunião teve como anfitriã a secretaria regional de Mar e Pescas, através da direção regional do Mar. O secretário regional, Teófilo Cunha, lembrou aos presentes, no último dia dos trabalhos, que as artes de pesca da Região são artesanais, afirmou que “estamos há anos” à espera do reconhecimento dessa condição por parte das entidades europeias e que esse modelo de pesca, sendo um exemplo de captura sustentável, deveria merecer uma compensação comunitária aos pescadores e armadores da Madeira.

 


Anexos

Descritores