Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Centros de saúde reforçam resposta à população.

No mês de abril, em plena pandemia COVID-19, foram realizadas 41 548 consultas médicas (4956 consultas presenciais e 36 592 consultas não presenciais) e 33 247 consultas de enfermagem (8739 presenciais e 24 508 não presenciais) nos centros de saúde. 26-05-2020 Saúde e Proteção Civil
Centros de saúde reforçam resposta à população.

O secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, acompanhado por alguns dirigentes da área da Saúde visitou o Centro de Saúde da Ribeira Brava e o Centro de Saúde de Santo António, no concelho do Funchal. O objetivo da visita foi agradecer todo o trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde, das diferentes áreas, nesta fase da Pandemia COVID-19 e constatou o reforço da resposta que está a ser dada à população, na fase da retoma gradual e responsável da atividade clínica nos centros de saúde.

O governante destacou o papel empreendedor dos cuidados de saúde primários, na resposta à COVID-19. “Realizamos teleconsultas e mantivemos as consultas presenciais essenciais para dar acompanhamento aos doentes crónicos”, disse.

No mês de abril, em plena pandemia COVID-19, foram realizadas 41 548 consultas médicas (4956 consultas presenciais e 36 592 consultas não presenciais) e 33 247 consultas de enfermagem (8739 presenciais e 24 508 não presenciais) nos centros de saúde.

Nesta primeira fase de retoma da atividade clínica gradual na área dos cuidados de saúde primários, será dada prioridade aos doentes com patologia clínica a necessitarem de cuidados de saúde. “Temos que intensificar os meios para chegar às pessoas”, reforçou.

No casos das unidades de saúde visitadas, Pedro Ramos constatou que alguns centros de saúde afetos ao concelho de Ribeira Brava, nomeadamente o da Serra de Água e Campanário já disponibilizaram à população, desde o dia 18 de maio, mais tempos de consultas médicas presenciais.

No caso do centro de Saúde de Santo António, a resposta à população foi também reforçada com a criação de mais uma resposta específica para os utentes com situações agudas, através de uma consulta médica e de enfermagem das 9h:00 às 13h:00 e das 14h:00 às 18h:00, de segunda a sexta-feira.

Na gestão destes agendamentos será dada prioridade aos utentes com patologia clínica crónica a necessitar de cuidados de saúde.