Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo Regional assinala o Dia Mundial da Criança na Ponta do Sol, Ribeira Brava, Calheta e Funchal

Edições especiais de Saint- Exupéry, visita à escola, criação de cataventos e exposições realizadas pelos alunos 28-05-2021 Turismo e Cultura
Governo Regional assinala o Dia Mundial da Criança na Ponta do Sol, Ribeira Brava, Calheta e Funchal

A Secretaria Regional de Turismo e Cultura apresenta uma “mão cheia” de atividades para o Dia Mundial da Criança sendo que algumas delas são fruto de trabalhos executados por alunos em visitas efetuadas aos espaços culturais. As duas direções regionais, a do Arquivo e Biblioteca da Madeira e a da Cultura prepararam diversos eventos nos formatos online e presenciais.

Haverá uma exposição na Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira com exemplares muito especiais de Saint-Exupéry, sendo uma delas com apenas 7 cm de altura bem como um exemplar com aguarelas originais do autor com a particularidade de estarem combinadas com a engenharia do chamado formato pop-up que transformam a obra escrita e exigem a participação do leitor. Como é tradicional desta Direção regional a sala infantojuvenil terá vários exemplares de “O Principezinho” para empréstimo, enquanto nos demais museus e espaços culturais, mercê do grande trabalho desenvolvido pelo Governo Regional no aliviar das restrições, as equipas dos serviços educativos preparam-se para visitar uma escola, como é o caso da Torre do Capitão, enquanto a Quinta Magnólia organizou uma exposição original com os desenhos dos alunos das escolas que ao longo dos últimos meses visitaram e continuam a visitar a exposição “Whose Masks”. 

Neste dia tão especial para as crianças, o Museu Etnográfico da Madeira aproveita, e de uma forma lúdica-pedagógica, para recuperar um dos brinquedos tradicionais: construção de um catavento.

Em declarações ao DN, o Secretário Regional de Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, considera que “é papel do Governo Regional deixar um legado cultural e criativo às novas gerações que são a força do futuro da Região. E, para isso, é através de uma programação específica e de novos projetos da cultura que poderemos reafirmar a identidade de um povo. Neste Dia Mundial há a preocupação de apoiar a descentralização cultural criando atividades em quatro concelhos reforçando assim o conhecimento dos jovens e a interatividade com os nossos espaços e acervos”.


Anexos

Descritores